INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Rússia: Médicos recusam transferir opositor nº1 de Putin em estado de coma 22 Agosto 2020

Os médicos recusam a transferência do doente em coma e desmentem que se trate de envenenamento o que ontem levou à hospitalização de Alexei Navalny, principal opositor do presidente Putin.

Rússia: Médicos recusam transferir opositor nº1 de Putin  em estado de coma

Os responsáveis clínicos do hospital central de Omsk, Sibéria, alegam que o estado crítico do doente — em coma e a respirar por um ventilador — impede a sua transferência como pretendem vários dos seus apoiantes. Um hospital da Alemanha está pronto para receber Navalny.

"As análises clínicas desmentem que se trate de envenenamento", anunciou nesta sexta-feira Anatoly Kalinichenko, diretor do hospital na remota região da Sibéria.

Na véspera, Navalny tinha dado entrada no hospital após ter viajado de avião no percurso Moscovo-Omsk. A sua porta-voz, Kira Yarmysh, que o acompanhava na viagem, atribui a súbita doença a um chá, que segundo ela especula conteria veneno.

As manifestações de apoio a Navalny, desde quinta-feira, vêm da sociedade civil e dos opositores ao presidente há 20 anos no poder.

"Que Deus o ajude", escreve Vladimir Kara-Murza, exilado nos Estados Unidos após ter sido duas vezes alvo de envenenamento em 2015 e 2017.

"Rezo por ele", tuìtou Ilia Iachine, um dos responsáveis da oposição liberal, da mesma geração de Alexei Navalny.

Motivação política e não clínica

A esposa de Navalny, Yulia, e a sua porta-voz Kira Yarmysh disseram à AFP e à Reuters que os médicos tinham primeiro consentido na transferência para um hospital da Alemanha. Horas depois deram o dito por não dito.
— 

Fontes: Le Monde/Reuters. Foto (AFP): Polícias controlam a identidade de participantes na manifestação de apoio a Alexei Navalny, a qual teve lugar ontem em São-Petersburgo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project