BREVES NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

SINDEP em ofensiva na Região Norte: Líder ausculta classe docente sobre a luta a travar para resolver revindicações pendentes 20 Janeiro 2023

O líder do Sindicato Nacional de Professores (SINDEP) encontra-se já em ofensiva sindical no Sal, onde inicia um périplo que o conduzirá sucessivamente às ilhas de São Vicente e Santo Antão. Além de reunir com professores, estruturas e dirigentes sindicais, Jorge Cardoso pretende auscultar a classe docente sobre a luta a travar sobre as reivindicações pendentes, que devem ser discutidas com o ministro da Educação, Amadeu Cruz, em São Vicente. Se até 23 de abril não sair algo a favor dos professores, o sindicalista não descarta manifestações de protestos pelos principais centros urbanos de Cabo Verde.

SINDEP em ofensiva na Região Norte: Líder ausculta classe docente sobre a luta a travar para resolver  revindicações pendentes

Depois de chegar ao Sal esta quarta-feira, o presidente do SINDEP visitou a Escola Nova do Ensino Básico Obrigatório de Espargos e encontrou com membros da Direção Nacional e responsáveis regionais da organização. Além da análise do funcionamento da estrutural regional do sindicato, estiveram no centro das atenções a luta a travar pela classe face à não resolução das principais reivindicações pelo governo. Esta sexta-feira, 20, Jorge Cardoso tem previsto uma deslocação à cidade de Santa Maria para contatos com dirigentes e estruturas locais do SINDEP.

Depois de Sal, o presidente do sindicato mais representativo dos professores cabo-verdianos segue, no dia 26, rumo a São Vicente, em que tem agendado um encontro com o secretariado regional e delegados sindicais da ilha para analisar vários aspetos relacionados com a vida da organização. Esperado com mais expectativa é o encontro, no dia 27, com o ministro da Educação.

« Na sequência da recomendação da última reunião da Direção Nacional, pretendemos nessa reunião conhecer a cronograma da resolução de todas as reivindicações pendentes, além da proposta de regulamento para a evolução na carreira dos docentes e o pagamento do subsidio pela não redução da carga horária de professores do EBO», avança Jorge Cardoso, avisando que, se por ocasião do 23 de abril não sair nada a favor dos professores, o SINDEP não descarta a possibilidade de sensibilizar a classe para manifestações de protestos pelos principais centros urbanos de Cabo Verde.

Santo Antão é a etapa seguinte do périplo de líder do SINDEP à região Norte do país. Ali tem agendado, no dia 28, dois encontros: uma assembleia geral, no período de manhã, no Porto Novo, e à tarde, uma outra reunião, na Povoação, com os dirigentes dos concelhos da Ribeira Grande e Paul. O objetivo é discutir os mesmos assuntos referidos com a classe docente local.

O líder do SINDEP deve regressar no dia 30 à Praia, via a São Vicente.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project