SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: 150 profissionais de diferentes áreas receberam diplomas de formação para a retoma do turismo com segurança 09 Julho 2021

Cento e cinquenta pessoas, entre os quais polícias de fronteiras, staff do aeroporto e guardas municipais, receberam esta sexta-feira-, 09, no hotel Belo Horizonte, em um ato presidido pelo Ministro do Turismo e Transporte, Carlos Santos, na ilha do Sal, diplomas de formação do sector do turismo, no quadro do pacote formativo integrado no projeto “Programa de apoio à competitividade – Resposta à crise da Covid-19 e recuperação do setor do Turismo em Cabo Verde.

Sal: 150 profissionais de diferentes áreas receberam diplomas de formação para a retoma do turismo com segurança

De acordo com uma nota remetida a este diário digital, esta formação visa preparar os referidos profissionais para a retoma do turismo com segurança na ilha do Sal e melhorar a competitividade do produto turístico cabo-verdiano.

Foram contemplados com esta ação de capacitação policias de fronteiras e do turismo seguro, staff do aeroporto e guardas municipais.

Esta ação de formação focou sobre a importância do turismo para a economia nacional, regulação dos padrões de qualidade dos serviços, divulgação das informações turísticas e prevenção ao COVID-19 face a nova normalidade que se vive atualmente.

Por outro lado, nesta quinta-feira, 08, houve uma ação de reciclagem destinada aos guias de turismo da ilha, com o objetivo de atualizar os conhecimentos e aprimorar as competências dos guias.

O projeto “ Apoio á competitividade - Resposta à crise da Covid-19 e recuperação do setor do Turismo em Cabo Verde” é financiado pela União Europeia no valor de 4,930, 000.00 Euros. Executado pelo PNUD e Governo de Cabo Verde, o projeto foi adaptado para proporcionar a recuperação do setor do turismo nacional através do pagamento das prestações do rendimento solidário, a capacitação de atores-chaves e o aumento da competitividade das médias, pequenas e micro empresas por meio da certificação de qualidade e da integração da cadeia de abastecimento.

O projeto visa mitigar o impacto socioeconómico da pandemia de Covid-19 para os atores económicos mais vulneráveis (trabalhadores informais e REMPE) e apoiar a recuperação do setor de turismo. O mesmo resulta da Parceria entre a UE|PNUD, e conta com o financiamento da União Europeia em 4,930.000,00 Euros, administrados diretamente pelo PNUD e executado com o Governo de Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project