DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Albino Lopes renova mandato e promete dirigir os destinos da ARFS com “zelo e dedicação” 18 Agosto 2021

Albino Lopes renova mandato como presidente da Associação Regional de Futebol do Sal (ARFS), e promete dirigir os destinos da colectividade desportiva com “zelo e dedicação”, durante o quadriénio 2021/2025

 Sal: Albino Lopes renova mandato e promete dirigir os destinos da ARFS com “zelo e dedicação”

“Com o objectivo de levar a bom porto o futebol na ilha do Sal. Renovamos o mandato, introduzimos novas energias, cerca de 45 por cento do novo elenco de membros são pessoas que entram pela primeira vez numa associação, mas comprometidas com a ilha e o futebol do Sal”, reforçou Albino Lopes, no acto de empossamento dos novos órgãos gerentes da Associação Regional de Futebol do Sal.

Com o lema “Juntos vamos continuar”, o dirigente desportivo destacou o facto do futebol no Sal estar num patamar “bem reconhecido”, a nível nacional, apontando a massificação da modalidade e “melhorar em qualidade e quantidade” o futebol feminino, como um dos principais propósitos deste seu segundo mandato à frente da ARFS.

“Para isso, vamos entrar nas escolas secundárias, com projetos para fomentarmos o desenvolvimento do futebol dentro dessas escolas, com o patrocínio da associação, contando com os nossos parceiros, para que possamos ter mais atletas femininos”, esclareceu, segundo a Inforpress, almejando terminar este mandato com oito equipas de futebol feminino contra as quatro existentes, atualmente.

“O que seria muito bom”, concretizou, mirando também ser a ARFS a vir a realizar o primeiro campeonato nacional de futsal, tendo em conta, conforme disse, o historial do futsal e do futebol de salão, nesta ilha, em tempos.

Segundo escreve a Inforpress, projetos são muitos para mais esta representação de cinco anos, mas Albino Lopes destaca, além da realização do campeonato futsal, melhorar a 2ª divisão em termos competitivos, tentar trazer para o Sal a realização do primeiro campeonato de 2ª divisão, apostar no Beach Soccer, como principais desafios.

Por outro lado, a construção da bancada sul do estádio Marcelo Leitão, a colocação de uma estátua de Djô de Pedra de Lume à frente do Centro de Estágio, constituem, também, “pontos fortes” do programa de atividades para este quadriénio, entre homenagens e formações.

Estas eleições foram consideradas um tanto ou quanto “conturbadas”, já que dos 14 clubes sete votaram não e outros sete votaram sim, provocando um empate, mas à margem da tomada de posse, Albino Lopes considerou que, o que une os futebolistas é “de longe superior ao que os diverge”.

“Para nós não foram eleições conturbadas. Foram eleições claras. Estamos abertos ao diálogo, sempre estivemos, mas é preciso que os clubes se entendam. Temos o nosso estatuto, regulamento, que é a nossa bíblia, e deve ser seguida. Vamos seguir em frente”, exteriorizou.

“O nosso objectivo é trabalhar para o desenvolvimento do futebol na ilha do Sal. Já demos provas disso. Só não vê quem não quer”, completo segundo a Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project