Legislativas 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Candidatos prometem resolver o problema do deficit habitacional na ilha 12 Abril 2021

Os três partidos concorrentes às legislativas de 18 de abril pelo círculo eleitoral do Sa, PAICV, MpD e UCID, asseguram ser uma das suas prioridades a resolução do problema habitacional na ilha para o próximo mandato. O PAICV promete entregar todas as casas para Todos” que estão fechadas e a degradarem-se às famílias vulneráveis. A UCID acredita ser preciso introduzir tecnologias alternativas de construção e o MPD promete “continuar os trabalhos de requalificação das zonas de Alto de Santa Cruz e Alto de São João”.

Sal: Candidatos prometem resolver o problema do deficit habitacional na ilha

PAICV promete entregar todas as “Casas para Todos” às famílias vulneráveis

O cabeça-de-lista do PAICV pelo Círculo eleitoral do Sal considera ser "inaceitável" ter famílias a viverem em péssimas condições na ilha mais turística de Cabo Verde quando se têm habitações do antigo programa «Casas para Todos» fechadas e a "degradarem-se". Démis Almeida garantiu hoje, em conversa com o Asemanaonline, que num eventual regresso ao poder, o PAICV irá ajudar as famílias mais vulneráveis e resolver o problema habitacional na ilha.

Sob o lema “Um Cabo Verde para Todos”, a lista do PAICV assume o compromisso para a próxima legislatura de entregar ainda neste ano de 2021 todas as casas do programa “Casa para Todos” que têm estado fechadas “a degradar-se”, concluir as demais casas em construção e entregá-las aos futuros beneficiários.

Definir uma política nacional de solos é outra proposta dos tambarinas, a visar a disponibilização de lotes de terreno para a construção de casas, garantir uma habitação condigna a todos, por parcerias do estado/Governo com diversas entidades públicas, privadas e não governamentais.

Nesta segunda-feira, 12, a caravana do PAICV esteve na zona da Palmeira, para ouvir as aflições da população e apresentar as propostas do partido para a próxima legislatura.

UCID propõe introduzir tecnologias alternativas de construção para resolver o problema habitacional

Já Aldireley Gomes, cabeça-de-lista da UCID, defende que o Sal precisa de um plano de habitação consistente para responder o problema habitacional na ilha e assegura que só desta forma se irá alterar o cenário de barracas que prolifera na ilha.

“Será preciso introduzirmos tecnologias alternativas de construção para diminuirmos o custo e o tempo de construção para podermos salvaguardar o ambiente, recorrendo cada vez menos a inertes -areia - que através das nossas praias, são um dos principais recursos que oferecemos aos visitantes”, expressou

Sob o lema "Basta dos mesmos! Somos opção", a lista da UCID, que esteve hoje em atividades porta-a-porta com o eleitorado de Santa Maria, promete, caso o seu partido venças as eleições legislativas de 18 de abril, introduzir novas tecnologias de construção, a diminuir o custo e o tempo de construção.

Estabelecer cooperação com os municípios para que possam disponibilizar Habitação para as famílias mais vulneráveis e em situação de risco; redefinir o papel da IFH, que hoje funciona apenas como imobiliária; implementar Politicas de obtenção de casa própria adaptadas às condições reais de cada Familia; negociar com o Banco de Cabo Verde, enquanto entidade reguladora, condições de crédito mais acessíveis para a construção ou aquisição de habitação própria.

MPD promete continuar os trabalhos na requalificação das zona de Alto de Santa Cruz e Alto de São João

Por sua vez, Janine Lélis afirma que o MPD já fez muito pela ilha, mas adimte,no entanto, que este tempo não foi suficiente para se fazer tudo. Daí que seu partido pede à população “mais uma oportunidade de continuar o trabalho iniciado”, com grandes investimentos que pretende realizar no sector habitacional.

"Temos feito muito para resolver o problema habitacional na ilha do Sal, mas nós queremos fazer mais. Queremos fazer a requalificação das zonas de Alto de Santa Cruz e Alto de São João”, enfatizou.

Com o lema «Cabo Verde num caminho seguro», o partido, pela voz de Lélis, promete continuar os trabalhos "já iniciados", entregar as habitações sociais que estão em construção e apostar mais neste sector.

"A filosofia que nós defendemos é de levar uma maior qualidade de vida às pessoas que vivem nessas zonas, melhorando a habitação. É visível tudo o que foi feito em toda a ilha do Sal em requalificação urbana. Em todos os lugares que nós vamos e podemos encontrar obras", assegurou a cebeça-de-lista do MpD pelo ciruclo eleitoral do Sal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project