AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Júlio Lopes (MPD) apresenta plataforma eleitoral com prioridade na resolução do deficit habitacional na ilha 10 Outubro 2020

O candidato do MPD à Câmara Municipal do Sal nas eleições autárquicas de 25 de outubro, Júlio Lopes, apresenta a sua plataforma eleitoral, estabelecendo, caso venha a ser reeleito para um segundo mandato, como prioridade das prioridades a resolução do deficit habitacional na ilha mais turística de Cabo Verde.

Sal: Júlio Lopes (MPD) apresenta plataforma eleitoral com  prioridade na resolução do deficit habitacional na ilha

Com o lema “Juntos, para fazer ainda mais pelo Sal”, a candidatura do MPD promete centralizar a sua ação na melhoria em diferentes sectores, desde a questão da educação, formação profissional e universitário, passando pelo desporto, pela saúde, cultura e construção, bem como no lazer com o programa de construção de praças, parques infantis e fitness park.

“A nossa candidatura enquadra-se num projeto de comunidade para mais felicidade das pessoas no ciclo 2020 a 2024, sob o lema Juntos para fazer mais pelo Sal no sentido de seguir e baseada numa visão centrada nas pessoas, famílias e comunidades e no quadro dos objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, explicou o candidato.

Júlio Lopes, que se recandidata para um segundo mandato, garante que a sua candidatura para o ciclo 2020-2024 pretende apoiar as pessoas sem INPS em consultas, remédio analises, óculos e até em evacuações.

O coocorrente ventoinha e sua equipa pretendem fazer investimentos no sector da educação, reforçando a oferta do pré-escolar com a implementação de um jardim infantil e um centro de juventude em cada bairro.

“As nossas prioridades continuam a ser a família, com apostas na juventude e na infância. Por esta razão, prevemos investir em jardins infantis e centros de juventude em todos os bairros da Ilha. Queremos as crianças em casa ou no jardim. Queremos os jovens a estudar, no desporto ou no emprego”, reiterou

A candidatura do MpD faz também uma aposta nos serviços de ambientação e saneamento, com o processo de requalificação urbana e a implementação de espaços verdes, bem como a asfaltagem das ruas estruturantes, calçada artística, reabilitação de estradas, passeios, praças, parques, programa de incentivos a reboque e pintura das fachadas, e, ao mesmo tempo, reforçar o sistema de fiscalização de obras e construções.

Pretende ainda implementar o serviço autónomo municipal de saneamento e ambiente, uma entidade melhor organizada, visando o reforço da recolha e condicionamento dos resíduos, bem como do ambiente através do reforço dos programas de plantação de árvores (Plante uma árvore, micro jardins), agricultura urbana e periurbana.

No ciclo 2020-2024, a candidatura de Júlio Lopes promete também transformar Terra Boa num grande espaço verde e de lazer, levando uma estrada com rede de água e eletricidade para apoiar os agricultores, criadores de gado e proprietários das parcelas.

Conforme a sua plataforma programática, pretende também investir na implementação da Policia Municipal na ilha Tudo com o objetivo de promover cidades mais saudáveis, limpas e organizadas, sem entulho, sem lixos, pardieiros, bem como combater as construções clandestinas, vendas nas ruas, e outras situações que “prejudicam a saúde e perturbam a organização das cidades e a tranquilidade dos municípios”. Planeia, ao mesmo tempo, reforçar os serviços de proteção civil e dos bombeiros.

Outro ponto da plataforma é a organização de zonas especificas para a criação de animais, zonas industriais e de serviços, como Palmeira, Morrinho Carvão e Fátima, para a transferência de oficinas e outras atividades .

A nível social, a candidatura garante apoiar as pessoas especiais, de terceira idade e as famílias com menos rendimento.

“Vamos continuar a ser uma câmara social porquanto apostar no social é um investimento. Nesta linha, reforça-se o programa de habitar com dignidade e o programa de apoio a autoconstrução e a construção de casas sociais, visando a a resolução do grave problema de deficit habitacional e de casas com baixo standing” salientou.

A candidatura do MpD pretende ainda concluir o programa de investimentos nos mercados, estando em curso a construção do mercado do Largo Lilina e reforçar o programa de digitalização da CMS e da gestão participativa e de proximidade.

Por fim, o candidato importa relevar a necessidade do reforço da parceria com o governo central, que muito ajudou a ilha do Sal nos resultados do ciclo 2020-24.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project