CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal/Mês da Mulher: Mulheres falam dos desafios em ser mãe e Bombeira 27 Mar�o 2021

“Ser mãe, mulher e bombeira é um grande desafio, já que esta é uma profissão que requer riscos”, afirmou a porta-voz das mulheres bombeiras na ilha do Sal, durante um encontro realizado esta sexta-feira, em comemoração ao março-mês da mulher, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Ailine Melício, que também é mãe e enfermeira, diz que nada é impossível e instiga as mulheres a lutarem para a realização dos seus sonhos. “Não é possível alcançar nada sem se fazer um sacrifício" , reiterou.

Sal/Mês da Mulher: Mulheres falam dos desafios em ser mãe e Bombeira

Este evento realizado em comemoração ao março-mês da mulher tem como objetivo a valorização do ativo feminino e a discussão de temas relacionadas ao papel da mulher na corporação.

O certame que contou com a participação do comandante Reginal da proteção cívil de Boavista e Sal, Nuno Santos, teve em destaque dois paináis: primeiro versando o empoderamento feminino e dos desafios da maternidade na carreira de bombeiros e o segundo centrado nas questões do Stress Ocupacional por inadequações de instalações e no impacto da pandemia na vida das mulheres/ mães chefes de família.

A enfermeira e porta-voz das mulheres bombeiras, Aline Melício, que apresentou o painel sobre “O empoderamento feminino e os desafios da maternidade na carreira de bombeiros”, falou sobre os desafios de ser mãe e bombeira ao mesmo tempo. “Nós mulheres, temos tido muitos desafios dentro da corporação. Gostaríamos que se observasse o empoderamento da mulher no sentido positivo. Não queremos mandar, liderar ou competir”, manifestou.

O vereador do Saneamento e Ambiente, Francisco Correia, que também esteve presente no encontro e presidiu o ato de abertura afirma que a ilha do Sal conta com um corpo de bombeiros que corresponde às expectativas.

Francisco Correia adiantou ainda que a Câmara Municipal vai criar condições para que as mulheres tenham maior privacidade. "Vamos criar condições para que as mulheres tenham privacidade no exercício das suas funções no ambiente laboral. O mundo só será melhor quando homens e mulheres partilham os mesmos valores, causas e objetivos”, revelou.

Este grupo de nove mulheres bombeiras municipais, de entre as quais, quatro são enfermeiras, foi criado em 2019.

Foi homenageado quatro mulheres pioneiras da incorporação de Bombeiros da ilha do Sal, desta feita da Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Aérea (ASA), bem como debater a proposta da criação de uma Associação de Mulheres Bombeiras do Sal.
LC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project