Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Na reta final da campanha eleitoral candidaturas intensificam a mensagem de apelo ao voto 12 Outubro 2021

No décimo terceiro dia, quase na reta final da corrida eleitoral, as candidaturas continuam a percorrer a ilha do Sal de Norte a Sul, mas agora com o intuito de intensificar a mensagem de apelo ao voto de confiança nos candidatos. Cada um com as suas ideias, todos prometem exercer uma magistratura de influência junto do Governo para resolver os principais problemas qu afectam Cabo Verde em tempos da pandemia de Covid-19.

Sal: Na reta final da campanha eleitoral candidaturas intensificam a mensagem de apelo ao voto

O Diretor de Campanha do candidato José Maria Neves, no Sal, Júlio Rendall considerou que caso JMN vença as próximas eleições presidenciais, será um Embaixador da Nação, "capaz" de representar os cabo-verdianos tanto fora como dentro do país.

"O candidato tem uma visão ampla dos seus poderes, e tem a capacidade e magistratura suficientes para unir a Nação e trabalhar arduamente para a nivel internacional abrir caminhos para a afirmação do País. O candidato JMN será um Embaixador da Nação, uma pessoa de prestígio forjada na sua ação de homem empreendedor e com uma visão futurista de Cabo Verde", reiterou a fonte.

Esta terça-feira, 12, a comitiva local de Neves, cujo lema da campanha é "Djunta Mon, Kabésa y Korason", esteve, em contactos diretos, porta-a-porta com o eleitorado das zonas da Preguiça e Boa Vista. À tarde visitaram a localidade da Palmeira, onde apresentaram as propostas de JMN.

A candidatura aproveitou mais uma vez para apelar as pessoas a irem às urnas e a votar com consciência.

Já a caravana de Hélio Sanches, cumpriu hoje, o décimo terceiro dia da corrida eleitoral em contactos porta-a-porta nas zonas de Ribeira D’oce, Alto de Electra, Chã de Matias e Alto de Santa Cruz. Tudo com o intuito de reforçar a mensagem de confiança no candidato e de fazer um apelo ao voto.

Caso o candidato for eleito, a candidatura de "Novos Tempos, Novos Líderes" promete exercer uma estrutura diferente, avançou o Diretor de Campanha, Cesar Almeida.

"Já é hora de mudar e basta dos mesmos. Hélio Sanches tem um espírito de serviço ao povo cabo-verdiano. Por isso, ele pretende ajudar o povo atarvés do exrcício de magistratura diferente", frisou.

Quanto à candidatura de Carlos Veiga, até ao fecho desta edição, não obstante às tentativas, não foi possível chegar à fala com o Diretor de Campanha no Sal.

A disputa pelo cargo de Presidente da República de Cabo Verde se concentra em sete nomes - Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

LC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project