SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal/Novas Denúncias contra The Resort Group: Ex-funcionário acusa administração de ter coagido trabalhadores para assinarem rescisão de contrato 02 Setembro 2021

O Ex-funcionário do Hotel Meliã Llana, pertencente ao The Resort Group, acusa a administração de ter coagido os trabalhadores a assinarem a rescisão de contrato de trabalho sem que tenha feito o esclarecimento prévio. Mauro Vieira procurou este jornal para denunciar para aquilo que considera ser "abuso do poder por parte do proprietário" do mesmo empreendimento, que estaria a aproveitar a pandemia do novo coronavírus para demitir colaboradores sem pagar corretamente todas as verbas rescisórias obrigatórias nos casos de demissão sem justa causa.

Sal/Novas Denúncias contra The Resort Group: Ex-funcionário acusa administração de ter coagido trabalhadores para assinarem rescisão de contrato

Em entrevista ao Asemanaonline, Mário Vieira, ex-funcionário do hotel Meliã Llana, pertencente ao The Resort Group, considera que a unidade hoteleira estaria aproveitar do contexto atual da pandemia de COVID-19 para coagir os trabalhadores a assinarem a rescisão de contrato sem esclarecimento prévio, com o argumento de que a empresa pode vir a decretar falência.

“Muitas pessoas foram chamadas pelo Diretor de Recursos Humanos para assinarem documentos com a desculpa de que os hotéis Meliã vão declarar falência. A situação é muito grave”. Sem contar que costumam chamar os funcionários de surpresa e muitos acabam por assinar e consequentemente as indemnizações ficam muito mais baixas do que deveriam ser realmente. Acabam por tomar um valor irrisório e em parcelas”, relevou.

A fonte revelou à reportagem deste diário que muitos dos ex-funcionários dos hotéis Meliã, que viram os seus contratos revogados por conta do novo coronavírus, ainda não receberam a segunda parcela das suas indemnizações, algo que considera ser "absurdo". Questiona ainda que, se o presidente do conselho administrativo, Robert Jarett, tem dinheiro para dar festas e gastar grandes quantias em bebidas alcoólicas, porque é que não tem dinheiro para pagar os funcionários.

“Administração diz que não têm dinheiro para pagar os funcionários e que o Governo deve-lhes dinheiro da dívida referente aos Jogos africanos de Praia de 2019. Entretanto, acredito que esta é mais uma desculpa para não pagar as indemnizações porque TRG tem dinheiro sim, uma vez que o Robert Jarret costuma gastar, diariamente, quantias de 200 a 300 contos em champanhes nas festas na sua casa”, revelou.

Neste sentido, Mário Vieira apela a intervenção das autoridades competentes e aproveita para deixar uma alerta ao Governo no sentido de "honrar os compromissos assumidos perante o povo cabo-verdiano".

"Eu gostaria de lembrar ao Governo qual é o seu propósito de existir. O povo coloca um determinado grupo para liderar o país para salvaguardar o interesse do cidadão nacional. Então se nós temos uma empresa estrangeira que está no nosso território, essa empresa deve ser obrigada a cumprir as leis de Cabo Verde, e não pode em nenhum momento prejudicar os trabalhadores de Cabo Verde", indicou.

Crítica ainda que o Governo não está a cumprir com promessas eleitorais no que diz respeito a esta matéria. "Realmente as pessoas que viram os seus contratos revogados no mês de fevereiro conseguiram receber o dinheiro na sua totalidade porque o Governo com a intenção de renovar o seu mandato, aproximou mais da população. Dois dias antes das eleições legislativas nós recebemos a segunda parcela da indemnização, porém ainda falta as outras pessoas ", assegurou a mesma.

Entretanto, por dificuldades de contatos foi impossível de chagar à fala com a administração do referido Hotel. Mas o ASemanaonline promete ouvir as reações de empresa, tal como fez há bem pouco tempo numa outra peça, mas que o Conselho da Administração não respondeu os questionamentos feiro, preferindo ficar em silêncio.

LC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project