SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Tribunal decrecta prisão preventiva e TIR para cinco homens detidos por crimes de roubo com violência, resistência e injúria 07 Maio 2019

Prisão preventiva e TIR são as medidas de coação que o Tribunal da Câmara do Sal aplicou a quatro homens detidos na localidade de Preguiça – Espargos, em flagrante delito, por prática de dois crimes de Roubo com violência exercida sobre coisas, sendo um desses na forma tentada e em co-autoria. O outro indivíduo, julgado em processo em especial, foi também detido em flagrante delito, na Vila de Palmeira e está indiciado na prática de um crime de Resistência a autoridade e Injúria agravada.

Sal: Tribunal decrecta prisão preventiva e TIR para cinco homens detidos por crimes de roubo com violência,  resistência e injúria

Em comunicado, a Polícia Judiciária, informa que, através do Departamento de Investigação Criminal do Sal – DICS, deteve, entre este domingo e esta segunda-feira, 06, cinco homens, com idades compreendidas entre os 16 e os 32 anos. Tudo por crimes de Roubo e Resistência a autoridade e Injúria agravada.

Conforme a mesma fonte, quatro deles foram detidos na localidade de Preguiça – Espargos, em flagrante delito, por estarem fortemente indiciados na prática de dois crimes de Roubo (com violência exercida sobre coisas), um desses, na forma tentada, em co-autoria.

A PJ revela que, na posse dos detidos, foram apreendidos vários objetos roubados, entre os quais perfumes, colares, brincos, pulseiras e cremes, que ascendem os 500.000$00 (quinhentos mil escudos).

Segundo a mesma fonte, um outro homem foi também detido em flagrante delito, na Vila de Palmeira, por ser indiciado na prática de um crime de Resistência a autoridade e Injúria agravada.

A fazer fé na Judiciária, os detidos foram presentes, esta segunda-feira, ao Tribunal da Comarca do Sal. Como medida coação, este aplicou Prisão Preventiva a um dos detidos por roubo e TIR -Termo de Identidade e Residência, apresentação periódica e interdição de saída aos restantes três acusados.

Relativamente ao detido por Resistência a autoridade e Injúria agravada, o Ministério Público promoveu-lhe o julgamento em processo especial sumário, garante a Judiciária cabo-verdiana.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project