CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Primeiro-ministro "animado" com ritmo de vacinação na ilha turística 21 Junho 2021

O primeiro-ministro manifestou-se hoje “animado” com o ritmo de vacinação na ilha do Sal, perspectivando atingir a meta de 100 por cento (%) da população elegível vacinada, antes mesmo do fim do mês de Julho.

Sal: Primeiro-ministro

Segundo escreve a Inforpress, Ulisses Correia e Silva chegou domingo, 20, ao Sal para se encontrar com o presidente de Angola, João Lourenço, e aproveitou esta deslocação para se inteirar da situação sanitária, tendo visitado na manhã de hoje os postos de vacinação em Espargos, Palmeira e Santa Maria.

“A expectativa é conseguirmos antes do final de Julho atingir a meta de 70% da população elegível, quer dizer a população com mais de 18 anos. Estamos num bom ritmo, porque aquilo que constato é que em poucos dias já há mais de nove mil pessoas vacinadas”, sublinhou, destacando a disponibilidade das pessoas em se deixar vacinar, o que, conforme disse, “é um sinal muito positivo”.

Para o chefe do Governo, concluindo esse processo, estar-se-ia a dar “um passo significativo” no Sal, com a protecção das pessoas, por um lado, e, por outro, a criação de condições de retoma do turismo com segurança.

“Iremos, seguramente, colocar o Sal como uma ilha livre de transmissões de covid-19, pelo menos em termos de protecção com a vacinação. Depois é preciso continuar o processo de protecção individual, mesmo depois da vacinação”, concretizou.

Face à questão da migração interna, isto é, de pessoas que poderão regressar às ilhas do Sal e da Boa Vista com a retoma do turismo, neste particular, Ulisses Correia e Silva assegurou que a situação “está controlada”.

“O processo está sendo controlado. As pessoas que não estão a residir hoje no Sal, mas que trabalharam no Sal e que poderão regressar com a retoma, já estão identificadas para serem vacinadas de preferência nos locais onde estão a residir, mas chegando ao Sal, também estaremos a continuar com o processo, já que não vai terminar de imediato”, explicou.

Segundo Ulisses Correia e Silva, o Governo está a trabalhar para “ganhar o turismo” no Inverno, isto é, em Setembro/Outubro, fazendo fé nas “tendências positivas” a nível dos países emissores do turismo para Cabo Verde.

“Não depende só de nós, é preciso que a pandemia esteja controlada também na Europa, e com isso estaremos em condições de dar um impulso muito grande. É nossa aposta, que tem os seus riscos, mas tudo está a apontar que o Inverno seja um período de boa retoma do turismo”, reforçou.

Ulisses Correia e Silva manterá na tarde de hoje, num dos hotéis da cidade de Santa Maria, um encontro de trabalho com o presidente de Angola, João Lourenço, que faz escala na ilha acompanhado de uma delegação angolana.

No âmbito desta deslocação à ilha do Sal, Ulisses Correia e Silva reserva também um encontro com os empresários locais, que decorrerá no Hotel Salinas, na terça-feira, 22, as 17:00.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project