SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal/Projeto“Bootcamp Viveiro Empreendedor”: Inicia a fase de formação a 250 jovens finalistas 18 Junho 2021

A formação dos 250 jovens finalistas do projeto Bootcamp Viveiro Empreendedor vai começar esta segunda-feira, 21, e decorrerá até ao mês de setembro. O objetivo deste programa, promovido pela Câmara Municipal do Sal, é estimular a proatividade e o espírito empreendedor dos jovens. Nesta sexta-feira, 18, terminou a denominada “Semana de Boas-vindas”, dedicada às apresentações e ao enquadramento do formato das formações.

Sal/Projeto“Bootcamp Viveiro Empreendedor”: Inicia a fase de formação a 250 jovens finalistas

Em entrevista ao Asemanaonline, a coordenadora do projeto Bootcamp Viveiro Empreendedor, Ânia Évora Pina, avançou que esta iniciativa surgiu para fazer frente às dificuldades geradas pela pandemia de COVID-19.

“Este projeto nasceu com o intuito de ajudar os jovens que têm uma ideia de negócio, bem como para fazer frente às dificuldades provocadas pela pandemia da covid-19. Com este programa nós pretendemos estimular a proatividade e o empreendedorismo” frisou a referida fonte.

A fase de inscrição ocorreu de Abril a Maio deste ano, “com uma excelente adesão de pessoas, superando assim as expectativas”, conforme adiantou a coordenadora do projeto Ânia Évora.

O programa contou com 652 inscrições, entretanto somente 250 foram selecionados. Na fase seguinte haverá uma primeira triagem dos cem melhores e destes sairão os trinta premiados com uma bolsa de 200 mil escudos cada e ainda terão direito a apoios de consultoria para a implementação dos seus negócios.

Em respeito às normas de segurança sanitária, impostas por conta da pandemia de COVID-19, para a formação, o grupo foi dividido em dois, sem um nos Espargos e o outro em Santa Maria.

O Bootcamp Viveiro empreendedor é destinado aos jovens individuais ou equipas que queiram testar e validar o modelo de negócios e da sua ideia. Promovida pela Câmara Municipal do Sal, o projeto conta com a parceria do Governo de Cabo Verde, da Pro Empresa, das associações comunitárias, e é financiada pelo fundo de descentralização de Cabo Verde, através da embaixada do Grão-Ducado do Luxemburgo em Cabo Verde e do PNUD. Foto: Inforpress

LC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project