AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Tino Mosso (PAICV) apresenta plataforma eleitoral com foco em transformar a ilha num território com inclusão social e igualdade de oportunidades para todos 17 Outubro 2020

A candidatura do Partido Africano de Independência de Cabo Verde (PAICV) à Câmara Municipal do Sal centraliza a sua plataforma eleitoral em 10 grandes eixos que, segundo o documento, irá colocar a ilha do Sal no topo de desenvolvimento. Com o lema “Respostas Ousadas com Tino”, o concorrente da formação tambarina, Albertino Mosso diz ter uma “nova visão” para o desenvolvimento da ilha mais turística de Cabo Verde, focando em transformar o Sal num território com inclusão social e igualdade de oportunidades para todos.

Sal: Tino Mosso (PAICV) apresenta plataforma eleitoral com foco em transformar a ilha num território com inclusão social e igualdade de oportunidades para todos

O programa da governação de Tino Mosso, caso vença as eleições de 25 deste mês, está estruturado conforme os seguintes eixos principais: A inclusão social e Igualdade de Oportunidades; O reforço institucional da Câmara Municipal; Uma juventude qualificada e confiante no futuro; O desenvolvimento económico, gerador de emprego digno e de bem-estar; Educação inclusiva e com qualidade; Saúde acessível, com qualidade e ajustada à oferta turística; Qualidade de cidadania ambientais; Urbanismo, habitação , infraestruturas e transportes; Agenda cultural estendida à oferta turística; Desporto para a saúde pública e competitividade da ilha.

De acordo com a mesma plataforma eleitoral (PE), o município tem ainda alguns problemas e desafios que os eixos da programáticos vão dar respostas, com destaque para déficit habitacional, o desemprego jovem (criar condições para emprego digno), a pobreza, a falta de água, a energia, as estradas e o saneamento para alguns moradores da ilha. O PE do PAICV preconiza ainda respostas a cuidados de saúde e a educação, ao emprego digno, a habitação, ao lazer e até aos cuidados com a alimentação.

Para o problema de déficit habitacional, a equipa de Tino Mosso promete apoiar as famílias mais vulneráveis na reabilitação de suas casas ou construção de habitações novas, reduzir para menos de metade os assentamentos urbanos ilegais e as barracas, bem como gerar emprego digno e atividade económica.

No tocante à juventude, “Respostas ousadas com Tino” assegura que para o ciclo 2020-2024 vai apoiar alunos carenciados nos estudos universitários, investir em projetos de investigação para os desafios da ilha, promover um programa de reabilitação e ampliação da Escola Secundária Olavo Moniz, trabalhar para a instalação, na ilha, da Escola de Hotelaria e Turismo, em articulação com parceiros vocacionados. Pretende também apoiar a ASA e outros parceiros na implementação efetiva da Escola de Aviação Civil a ser instalada no edifício do Ex-Hotel Atlântico.

A candidatura dos tambarinas defendem igualmente que é necessário dar uma atenção particular aos imigrantes que se estabeleceram na ilha do Sal e que contribuem para o seu desenvolvimento, nomeadamente os originários da CEDEAO e da CPLP.

O PE de Tino Mosso quer também o reforço institucional da Câmara Municipal do Sal para que ela possa assegurar o atendimento expedito, de preferência em linha ou através de call Center’s.

Uma outra aposta da candidatura do PAICV à Câmara do Sal é investir na economia azul, nomeadamente nos setores da pesca, da indústria e do turismo de cruzeiros , recreio náutico, entre outros. Nesta modalidade, a referida candidatura pretende criar parques industriais e disponibilizar espaços municipais subaproveitados para incentivar e facilitar a instalação de indústrias, empresas e serviços, transformar o Porto da Palmeira num importante polo de captura, descarga, conservação, transformação e exportação de produtos do mar, gerando milhares de empregos, empresas e associações vocacionadas. Planeia apoiar o setor da pesca artesanal em todas as localidades e promover a modernização dos mercados de peixe, em colaboração com os organismos centrais e o setor privado.

Albertino Mosso frisa também, na sua plataforma eleitoral, que caso a sua equipa vença as eleições de 25 deste mês, vai investir fortemente na saúde. Pretende reforçar a Delegacia de Saúde, criar condições para que o hospital Ramiro Figueira transforme num hospital regional, com todas as condições possíveis para desenvolver a necessidade da população e requalificar o posto sanitário da Palmeira e implementar um programa de apoio social aos doentes carenciados que lhes assegure o acesso aos cuidados não disponibilizados nas estruturas públicas.

A candidatura do maior partido da oposição propõe, por outro lado, implementar nas várias localidades da ilha projetos diversos, nomeadamente parques públicos, áreas verdes e atividades de lazer para as famílias, criar vias e áreas pedonais, requalificar os passeios danificados e ainda aumentar a acessibilidade para as pessoas portadoras de deficiência física com mobilidade reduzida.

Cultura e desporto no centro das atenções

Mas os desafios da « Propostas ousadas com Tino» não ficam por aí. Dispensa uma atenção especial ao setor de desporto e cultura . O candidato defende que para atingir níveis elevados de competitividade desportiva, é preciso dotar a ilha de infraestruturas desportivas adequadas e promover uma efetiva política de formação desportiva. Desta forma, o Tino promete investir fortemente nas infraestruturas desportivas, nomeadamente na requalificação do polidesportivo coberto dos Espargos e desenvolver o conceito de complexo educativo, construir um complexo educativo em Santa Maria, bem como criar todas as condições para a prática dos desportos náuticos e aquáticos na ilha. A pensar nisso, vai incentivar os operadores turísticos a criar condições para a prática do golfe na ilha e criar espaços de manutenção física ao ar livre (fitness) nos espaços urbanos e nas praias do Sal.

No que toca às questões culturais, a plataforma autárquica do PAICV para o Sal promete, por outro lado, investir na formação dos artistas, promover novas ofertas formativas para a Escola de Arte Tututa, incentivar e apoiar escolas que desenvolvam projetos de educação musical, dotar a Banda Municipal do Sal de mais recurso e de uma agenda mais regular de atuações, impulsionar a criação da orquestra municipal, reorganizar e dinamizar as Bibliotecas Municipais dos Espargos e da Palmeira e construir a de Santa Maria.

Trabalhar com as demais instituições para transformar o Aeroporto Internacional Amílcar Cabral numa cidade aeroportuária, com zonas de comércio franco, centro de manutenção, centro de formação aeronáutica, entre outros, são outras propostas da candidatura de Tino Mosso à Câmara do Sal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project