SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sal: Tribunal manda para prisão preventiva homem de 52 anos por crime de abuso sexual de uma enteada menor 18 Janeiro 2020

O Tribunal da Comarca do Sal decreta, como medida de coação, prisão preventiva para um homem de 52 anos, acusado , enquanto padrasto, de ter violado uma menor, com penetração, de forma continuada, desde quando a menina tinha 14 anos. O suposto violador foi preso na Vila da Palmeira-Espargos.

Sal: Tribunal manda para prisão preventiva homem de 52 anos por crime de abuso sexual de uma enteada menor

Em comunciado, a Polícia Judiciária (PJ) precisa que, através do Departamento de Investigação Criminal do Sal (DICS) e em cumprimento de um Mandado do Ministério Público, deteve, esta quinta-feira, 16, fora de flagrante delito, na vila da Palmeira, um indivíduo do sexo masculino, de 52 anos.Tudo por ser « suspeito da prática de um crime de abuso sexual de menor, com penetração, na sua forma continuada e agravada».

De acordo com a PJ, a vítima, hoje com 16 anos, vinha sendo abusada sexualmente pelo padrasto, desde os 14 anos.

Entretanto, o detido foi, segundo a mesma fonte, presente, esta sexta-feira, 17, ao Tribunal da Comarca do Sal, para efeito do primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicado Prisão Preventiva, como medida de coação. Ou seja, o suposto violador vai ter que esperar pelo julgamento atrás das grades.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project