ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: Associação de Pescadores de Salamansa com projecto de 29 mil contos para reformular fábrica de transformação de pescado 24 Outubro 2023

A Associação de Pescadores de Salamansa mantém um projecto de 29 mil contos que deverá ser empregue na actual fábrica de transformação de pescado afim de aumentar a produção e atingir mercados fora de São Vicente.

São Vicente: Associação de Pescadores de Salamansa com projecto de 29 mil contos para reformular fábrica de transformação de pescado

Tal como explicou à Inforpress o presidente da associação, Auxílio Matias, a intenção é dar um novo fôlego à pequena fábrica, que funciona desde 2018 e concebida através do apoio da Cooperação Japonesa Overseas Fishery Cooperation Foundation (OFCF, Japão).

Neste sentido, pretendem colocar em prática nos próximos tempos, o projecto de 29 mil contos para a sua transformação geral, desde reabilitação na estrutura e cobertura, medidas de higienização, alguns equipamentos e aquisição de painéis solares. Mudanças que deverão ter o financiamento do Banco Mundial.

“Em princípio, o projecto já foi aprovado, mas, deveremos ser beneficiados a partir de 2024”, explicou Auxílio Matias, adiantando que o projecto foi submetido à instituição internacional há cerca de um ano e meio e a aprovação aconteceu há cerca de três meses.

Com esse parceiro, a Associação de Pescadores de Salamansa pretende, segundo a mesma fonte, “reforçar” esse investimento da Cooperação Japonesa, que, neste momento, tem algumas “fragilidades”, entre estas, falta de um espaço para separação do local de tratamento do pescado do lugar de confecção dos hamburgueres e outros produtos.

Um procedimento, sublinhou, muito exigido pelas autoridades em termos de segurança de higiene e qualidade.

Por outro lado, o investimento vai permitir aumentar a capacidade de produção da fábrica, que actualmente só atinge cerca de 600 unidades diárias, e criar parcerias para vender o produto, não somente em São Vicente, mas, também nas outras ilhas.

Uma expansão que, di-lo Auxílio Matias, requererá um outro investimento como a aquisição de um carro térmico para o transporte para fora da ilha.

“É um projecto, que mais tarde, além de ajudar a comunidade, vai dar emprego aos mais jovens”, justificou, adiantando que, inclusive, já há profissionais na comunidade formados que podem dar formação a outras pessoas.

Entretanto, os interesses dos pescadores de Salamansa não se resumem à fábrica, daí, que um grupo constituído por seis destes homens do mar quer colocar em prática um “projecto estrutural” de construir um barco de 16 metros para acompanhar os botes de pequeno porte e formar uma frota de pesca.

“O barco poderia representar como uma mãe para os botes pequenos, que são sujeitos ao mau tempo, e por outro lado, nas épocas de defeso poderia servir para disponibilizar isco e apoiar nas pescas em distâncias maiores”, explicou Auxílio Matias, um dos interessados, que guardam esse “sonho” desde 2019.

Conforme a mesma fonte, o projecto, inicialmente orçado em 22.700 contos, já tem tudo para ser implementado, desde estudo de viabilidade, orçamento, e projecto de construção, que deverá ser executado por dois jovens construtores navais da própria localidade de Salamansa.

Contudo, lamentou, falta encontrar o financiamento e o apoio das autoridades do sector, sendo que o plano já foi apresentado ao antigo ministro do Mar, Paulo Veiga, mas, ainda aguardam uma oportunidade para dá-lo a conhecer ao actual ministro Abraão Vicente.

A associação tem na sua composição uma lista de 134 associados, entre pescadores e peixeiras.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Sondagem

    La connexion au serveur mysql a �chou�, v�rifiez que le serveur MySQL fonctionne
    Ver todas as sondagens

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project