CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santa Catarina/Assomada: Presidente da câmara enaltece generosidade dos emigrantes em tempos de pandemia 07 Agosto 2021

A presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Jassira Monteiro, enalteceu hoje a generosidade dos emigrantes cabo-verdianos, e em particular os santa-catarinenses, agradecendo-os pelo pronto apoio aos familiares em tempos de pandemia de covid-19.

Santa Catarina/Assomada: Presidente da câmara enaltece generosidade dos emigrantes em tempos de pandemia

Segundo a Inforpress, Jassira Monteiro discursava no tradicional encontro com emigrantes que estão de férias nesse concelho do interior de Santiago, no âmbito da “Semana do Emigrante”, que decorreu durante quatro dias, sob o lema “com os emigrantes Santa Catarina segue em frente”.

“(…) Endereçamos um agradecimento especial a todos os emigrantes, porque durante a pandemia percebemos que não deixaram o vosso país e familiares na mão. As famílias não sentiram o efeito da queda da economia durante a pandemia porque vós emigrantes estiveram presentes”, começou por dizer.

“Portanto, muito obrigada e bem-haja a comunidade emigrada pela ajuda durante a pandemia e continuem a fazer não só para os vossos familiares, mas também pelos vosso município e País que vos viu nascer um dia”, acrescentou a autarca.

A chefe do executivo municipal evocou o falecido autarca José Alves Fernandes, que era “amigo dos emigrantes”, e assegurou que o “encontro de emigrante” vai continuar a ser realizado anualmente.

A mesma fonte que justificou a não realização do encontro no ano passado por causa da pandemia, sublinhou que o mesmo tem como objectivo reforçar o engajamento do município que dirige em ter um diálogo, parceria e proximidade com a comunidade emigrada.

O evento, informou, visa ainda dar a conhecer aos emigrantes os projectos que a autarquia tem em curso, apresentar a nova equipa camarária do mandato 2020-24 e os serviços e produtos direccionados aos mesmos, e ainda para auscultar as suas preocupações e subsídios para o desenvolvimento desse município.

Tendo em conta, que Santa Catarina hoje já conheceu o “novo rumo de desenvolvimento”, referindo-se às obras de requalificação urbana e ambiental do centro da cidade de Assomada, Jassira Monteiro manifestou a intenção de continuar a trabalhar no processo de desenvolvimento desse município do interior de Santiago, fazendo assim cumprir o legado do falecido José Alves Fernandes.

Por sua vez, o ministro das Comunidades, Jorge Santos, que presenciou o encontro, reiterou que para o Governo liderado por Ulisses Correia e Silva, as comunidades cabo-verdianas são uma “extensão das ilhas no exterior”.

“As comunidades cabo-verdianas são uma extensão não só a nível da cultura, mas também da nossa história, do nosso povo e da nossa Nação”, reconheceu, enaltecendo o papel que os emigrantes têm tido no desenvolvimento do País, sobretudo em tempos da pandemia.

Daí, rendeu uma homenagem a todos os emigrantes de Santa Satarina e de todo Cabo verde, destacando, no entanto, o “gesto nobre” da comunidade dos Países Baixos, que conseguiu mobilizar vacinas e equipas médicas para a ajudar o País no processo da vacinação contra a covid-19.

O encontro, prossegue a Inforpress, foi transmitido para todo o mundo, através da rede social Facebook e contou com animação cultural, seguido de um jantar convívio, que teve como palco o anfiteatro da Escola Técnica Grão-Duque Henri (ETGDH).

Entretanto, antecederam o “encontro de emigrante” uma feira e espaço de reflexão emigrante-investidor, que segundo a organização cumpriram todas as recomendações das autoridades sanitárias.

A Feira do Emigrante, que contou com a participação de 13 expositores, aconteceu de 04 a 07 de Agosto, tendo como palco a Zona Pedonal António Mascarenhas Monteiro. No espaço, os visitantes tiveram a oportunidades de adquirir peças de artesanato e produtos locais.

Já o encontro “emigrante-investidor”, destinado a investidores residentes na diáspora, teve lugar na quinta-feira, 05, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, onde foram debatidos temas como “Estatuto do investidor emigrante”, “Economia digital” e “Diáspora: factor de desenvolvimento estratégico da Agenda de Cabo Verde 2030”, refere a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project