AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santa Catarina do Fogo: Candidatos satisfeitos com receptividade no terreno e convitos na vitória no dia 25 de outubro 11 Outubro 2020

A candidatura do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) liderada por Eugénio Veiga, e a do Movimento para a Democracia (MpD), com o Edil cessante Alberto Nunes, estão entusiasmadas com o grau de receptividade registado nos primeiros dias da campanha eleitoral no município de Santa Catarina do Fogo. Por isso, todos os concorrentes à presidência da Câmara local estão esperançados em vencer o pleito eleitoral de 25 deste mês.

Santa Catarina do Fogo: Candidatos satisfeitos com receptividade no terreno e convitos na vitória no dia 25 de outubro

Alberto Nunes, candidato à sua própria sucessão, faz uma apreciação “altamente positiva” dos primeiros dias da campanha. Depois de ter percorrido na fase de pré-campanha todas as localidades, garante que agora a sua candidatura está sendo muito bem acolhida. Destaca que existe uma diferença grande comparada com a campanha anterior e que em todas as localidades, sem excepção, têm tido uma recepção grande, porque as pessoas reconhecem o trabalho realizado nos últimos quatro anos pela sua equipa.

“É a primeira vez que um governante promete e cumpre e por isso vamos vencer as eleições com um resultado superior à de 2016, porque estamos mais forte em todas as localidades”, disse Alberto Nunes indicando que há uma boa recepção mesmo em Chã das Caldeiras onde as pessoas pretendem passar uma imagem diferente, enquanto a candidatura adversária tem sido rejeitada.

Depois de uma passagem pela localidade de Chã das Caldeiras, hoje Alberto Nunes promoveu ação de campanha na localidade de Chãzinho, que apesar de situar no município de São Filipe, é habitada por pessoas de Chã das Caldeiras.

Para Chã das Caldeiras, a aposta é na agricultura e no turismo e nos investimentos já feitos até este momento vão permitir desenvolver ainda mais a localidade. Alberto Nunes apontou a construção de estrada, o furo de prospeção de água subterrânea e a ligação domiciliária em curso que deve concluir dentro de pouco tempo, mas também a estrutura policial e sanitária como as condições básicas para o turismo e agricultura na mesma aldeia.

Nunes promete também mobilizar os privados para investir mais na construção de unidades de alojamento, além da questão que tem a ver com a ilha toda que passa pela iluminação e extensão da pista, melhoria do porto, aspecto que beneficiam de forma directa ou indirecta Chã das Caldeiras.

Para a juventude, o Edil cessante prometeu a construção de uma placa desportiva de raiz nos primeiros meses do ano de 2021.

Por sua vez, a candidatura do PAICV, encabeçada pelo veterano Eugénio Veiga, afirma que há uma dinâmica crescente com o reforço da confiança do eleitorado em todas as localidades e que os pensamentos para a construção de uma nova Santa Catarina se aperfeiçoam e serão implementados a partir de 25 de Outubro.

“Com o passar dos dias a base de apoio se alarga e se fideliza”, referiu o candidato Eugénio Veiga, que neste domingo esteve em ação de campanha em Chã das Caldeiras, cuja prioridade é “acabar de vez as relações crispadas dos últimos anos com a pacífica e trabalhadora população da zona, criando um ambiente de parceria estratégica para uma nova centralidade urbana na localidade”.

A construção de uma minicentral e eletrificação, ordenamento urbano com traçados adaptados, valorização da produção de artesanatos, fortes incentivos aos agricultores para a massificação da produção fruteira, bem como a construção de acessos aos terrenos pertencentes a famílias de Chã situados nos Mosteiros, constam das prioridades da candidatura, caso Eugénio Veiga for eleito presidente da Câmara.

A mesma candidatura propõe ainda, em parceria com o Governo, estudar a possibilidade de Chã das Caldeiras poder vir a beneficiar de um estatuto especial, considerando ser um local de alto risco e, por isso, deve ter uma certa autonomia, com recursos próprios e um serviço de proteção civil devidamente preparado para atuar em casos de emergência.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project