CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santa Cruz: Autarca faz balanço positivo das festividades de “Nhu Santiago” 27 Julho 2019

O presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz (CMSC) disse que as festividades comemorativas do dia do Santo padroeiro ‟Nhu São Tiago Maior” foram “bastante positivas”.

Santa Cruz: Autarca faz balanço positivo das festividades de “Nhu Santiago”

Carlos Silva falava à imprensa, à margem da celebração eucarística presidida pelo padre Hugo Varela, alusiva ao dia do Santo padroeiro Nhu São Tiago Maior e aos 26 anos do Município de Santa Cruz, interior de Santiago, que se assinalam a 25 de Julho.

Durante a mensagem litúrgica, o Padre Hugo Varela chamou a atenção para três coisas que considera ‟importantes” para todos: primeiro ‟Saber deixar tudo para seguir a Deus”, o segundo aquilo foi o desafio que Deus fez a Nhu São Tiago ‟beber o mesmo cálice que Jesus” e por último ‟criar intimidade com Jesus e saber experimentar amargura de vida”.

‟O povo pede a intersecção de santos para que junto de Deus peçam para que nos mande chuva, e a nossa missão enquanto cristão é de continuar a pedir que Deus nos mande chuva” frisou.

A fiél Alexandra Gonçalves afirmou que este ano intercedeu a Nhu São Tiago que traga saúde, paz, harmonia, amizade e amor para que seja compartilhado como se fazia ‟antigamente”. E referiu que chuva é a primeira coisa que pediu por ser ‟água de sustento para todos”.

Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) de 2018, o concelho de Santa Cruz tem actualmente uma população residente de 26.099, sendo 49,5 por cento (%) do sexo masculino e 50,5% do sexo feminino, representando 8,5% a nível da ilha de Santiago e 4,8% a nível de Cabo Verde.

No campo da educação, os dados apontam que 81,4 % da população com 15 ou mais anos é alfabetizada, com maior incidência na faixa etária entre 15-24 anos, em que a taxa sobe para 97,7%.

Relativamente ao mercado de trabalho, o INE estima que 38,5% da população activa de Santa Cruz encontra-se ocupada, sendo 48,2% homens e 29,6% mulheres. A taxa do desemprego ronda os 21,6%, sendo 17,3% nos homens e 27,3% nas mulheres, sendo que o desemprego afecta 37,3% dos jovens (15-24 anos).

Nas condições de vida, 81,3% dos 26.099 agregados familiares têm acesso à electricidade, 58,4% e 72,3% têm acesso à casa de banho e água canalizada (rede pública), respectivamente, 62,3% usam contentores para evacuação do lixo, 57,4% usam gás para cozinhar e 42,1 % usam a lenha.

No acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), o telefone fixo chega a 7,7% das habitações, 63,8% têm televisão, 7,0% têm televisão por assinatura, 19,2% têm computador e 8,5% tablet e 50,4 % usam internet. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project