SERÁ NOTÍCIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago: CMSC lança campanha de recomendações sobre a prática de queimadas em propriedades agrícolas 11 Junho 2020

A Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago (CMSCS), através do Pelouro da Segurança e Proteção Civil, lançou, esta quarta-feira, 10, uma campanha de recomendações para este período em que os agricultores preparam a terra para a faina agrícola.

Santiago: CMSC lança campanha de recomendações sobre a prática de queimadas em propriedades agrícolas

Como forma de evitar a proliferação de fogo descontrolado durante as queimadas, o Pelouro da Segurança e Proteção Civil avança com recomendações práticas de como fazer uma queimada em segurança, nomeadamente a autorização obrigatória da Câmara Municipal e o contacto com o corpo de bombeiros antes de a efetuar.

Recomendações que, segundo a edilidade, será proibido fazer queimadas durante o período crítico e nos dias de risco ou com temperaturas muito elevadas. “Não se deve fazer queimadas em tempo quente e seco ou com vento, pois a escolha poderá, eventualmente, acontecer em dias com céu nublado e húmido. Fundamental ainda, é levar sempre o telemóvel para dar o alerta em caso de incêndio e ficar no local até a extinção do fogo”, recomenda a nossa fonte.

Procedimento para realizar queimadas

Em comunicado, a Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago recomenda ainda que, para se fazer a queimada, é necessário ter presente alguns procedimentos, como afastar o amontoado de sobras a queimar dos pastos; abrir uma faixa de limpeza sem vegetação à volta das sobras a queimar e melhorar a faixa de limpeza antes de iniciar queimada, tendo sempre um recipiente com água junto ao local.

“A vigilância é fundamental e, caso salte uma fagulha, é necessário apagá-la de imediato. E, caso a queimada ficar descontrolada, é preciso manter-se em segurança e ligar, de imediato, para a linha verde 800 10 24 ou para o número fixo 265 33 23”, comunica.

A autarquia alerta ainda que é preciso queimar tudo até ficar em cinzas e retirar as sobras de queimadas para ver se ainda existem pequenas chamadas, bem como apagar, molhando a área ou colocando a terra por cima, antes de abandonar o local e assegurar-se que não existe fumo a sair das cinzas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project