ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago Norte: “MpD tudo fará para reconquistar a Câmara Municipal do Tarrafal” – Ana Sousa e Silva 27 Novembro 2022

A nova coordenadora da Comissão Política Concelhia (CPC) do MpD no Tarrafal afirmou este sábado,26, que o partido tudo fará para reconquistar a presidência da câmara desse município do interior de Santiago que perdeu nas últimas autárquicas para o PAICV.

Santiago Norte: “MpD tudo fará para reconquistar a Câmara Municipal do Tarrafal” – Ana Sousa e Silva

A novel coordenadora da CPC do Movimento para a Democracia (MpD, poder) no Tarrafal, Ana Sousa e Silva, assumiu este objectivo em declarações à Inforpress após ser empossada no cargo, juntamente com José Pedro Nunes Soares para presidente da Assembleia Política Concelhia (APC), numa cerimónia presidida pelo líder do partido, Ulisses Correia e Silva.

A nossa luta e objectivo maior é obviamente reconquistar a Câmara Municipal do Tarrafal nas eleições autárquicas em 2024. Na vida nem tudo é fácil, mas temos capital para isso e vamos fazer tudo para voltar a conquistar a câmara do Tarrafal”, declarou Ana Sousa e Silva.

É que, conforme vaticinou, com um “MpD forte e coeso” e com “muita luta” é possível reconquistar aquele município, onde o partido foi poder durante 28 anos.

A professora e militante do MpD desde os anos 90, que sucede José Soares no cargo, elegeu ainda como “maior desafio” do mandato reforço do militante de base, criação de núcleos de coordenadores de base em todas as localidades e formações aos militantes.

Durante a entrevista, a dirigente ventoinha local, também acusou a actual equipa camarária liderada por José dos Reis de discriminar, perseguir e vingar dos trabalhadores do MpD, desmando que, considerou “inaceitável e desumano” em pleno século XXI.

“Esta é uma câmara que tem rosto humano?{{}}”, questionou, observando que quando MpD era poder não perseguiu os militantes do PAICV que trabalhavam na câmara.

Para a também membro da direcção nacional do MpD, os dois primeiros anos de mandato do PAICV no Tarrafal tem sido de “cosmética e de muita pintura”, acrescentando que o partido não tem feito jus ao slogan da campanha “Tarrafal, mudar é preciso”, mas, sim tem apoiado nos projectos deixados pela anterior equipa camarária do MpD.

Na ocasião, admitiu que os dirigentes do MpD tiveram um “amargo de boca” por terem perdido a maioria após 28 anos na governação, mas, no entanto, reiterou que o partido tudo fará para voltar a conquistar a Câmara Municipal do Tarrafal nas próximas eleições autárquicas.

A ex-vereadora e ex-eleita municipal comprometeu-se ainda em fazer uma oposição responsável e credível, e não uma política do “bota-abaixo”, para provar que afinal “mudar não era preciso”.

MpD é forte no Tarrafal, mas, de momento, os militantes estão amedrontados por causa da perseguição da equipa camarária”, exteriorizou, assegurando que o partido vai retomar as actividades políticas e que tem “todos os ingredientes” para reconquistar a Câmara Municipal do Tarrafal.

Em Santiago Norte, com excepção de Santa Catarina, cujas eleições vão ser realizadas este domingo, 27, nos demais cinco municípios já foram empossados os novos órgãos concelhios do MpD.

Em São Lourenço dos Órgãos, Júlio Tavares para coordenador da CPC e Antunes Marques para presidente da APC, em São Miguel, Natalino Tavares para coordenador da CPC e Adilson Moreno Zego para presidente da APC, em São Salvador do Mundo, Gil Vaz para coordenador da CPC e Daniel Vieira para presidente da APC, em Santa Cruz, David Gomes para coordenador da CPC e Paulino Correia para presidente da APC.

O acto, que serviu para marcar a abertura oficial do ano político do MpD nesse município santiaguense realizou-se na Escola Secundário do Tarrafal, e contou com a presença de militantes, simpatizantes e amigos do partido. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project