SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago Norte: PN apreende plantações de Cannabis em Boa Entrada 30 Setembro 2018

A Polícia Nacional (PN) do Comando Regional de Santa Catarina de Santiago apreendeu e destruiu, na manhã desta sexta-feira, 28, várias plantações de Cannabis (padjinha), numa propriedade agrícola de Boa Entrada, arredores da Cidade de Assomada.

Santiago Norte: PN apreende plantações de Cannabis em Boa Entrada

De acordo com uma fonte da Polícia Nacional, as plantas se encontravam cultivadas a meio de um campo agrícola, juntamente com outras plantas. Tudo com intenção de serem depois comercializadas no mercado nacional e não só.

A mesma fonte adianta ainda que estas ervas, conhecidas como padjinha em Cabo Verde, serão pesadas, avaliadas e destruídas. A Polícia Nacional garante que vai prosseguir com as investigações para identificar os presumíveis responsáveis pelas plantações, fazendo-lhes responder pelos crimes cometidos - possivelmente plantações e tráfico de drogas.

Outras apreensões no Tarrafal

Na sequência das operações realizadas, a Polícia Nacional (PN), através da Esquadra Policial do Tarrafal de Santiago, também deteve, na sexta-feira, 28 de setembro, um indivíduo em flagrante delito por posse de grande quantidade de droga “padjinha”, que se encontrava preparada para a sua comercialização.

Conforme o site da PN, o suposto traficante, de 40 anos de idade e residente em Assomada, já foi entregue ao Ministério Público para a aplicação das medidas de coação. Na posse do detido, a PN apreendeu drogas, telemóveis e dinheiro, sendo de destacar: uma lata de leite em pó, 07 embrulhos em papel cimento e 01 embrulho em saco de plástico, contendo ervas que se presume ser cannabis “padjinha”. Isto sem contar com mais 05 telemóveis de diversas marcas e 5.600$00 em dinheiro.

A PN conclui que essa detenção e apreensões são o resultado de uma operação policial de rusgas, que foi efetuada a pessoas suspeitas, na localidade de Chão Bom e arredores do centro da cidade do Tarrafal. Durante essa operação foram abordadas 33 pessoas na vida pública, lê-se na página oficial da Polícia Nacional.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project