Legislativas 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago Norte: PTS critica “falhanço” das políticas dos sucessivos governos para juventude 04 Abril 2021

O cabeça-de-lista do Partido do Trabalho e da Solidariedade (PTS) criticou hoje o “falhanço” das políticas dos sucessivos governos para a juventude, afirmando que estas políticas “pré-concebidas” não respeitaram a liberdade de escolha dos jovens cabo-verdianos.

Santiago Norte: PTS critica “falhanço” das políticas dos sucessivos governos para juventude

Cláudio de Sousa, que cancelou as actividades inicialmente previstas para hoje, por causa da Páscoa, lamentou o facto de o MpD e o PAICV estarem a “colocar os jovens uns contra os outros para tirarem proveito político”.

É que, segundo o candidato citado pela Inforpress, essas políticas “pré-concebidas”, mormente os programas de empreendedorismo jovem, trouxeram “infelicidade” para os jovens, isto porque, explicou, estes não tiveram a liberdade para escolherem a profissão dos seus sonhos.

“Nós do PTS, como jovens, já sabemos o que a juventude cabo-verdiana precisa, que é a potencialização das suas actividades, quer na agricultura, na pesca, na criação de gado, no desporto e na ciência”, afirmou Cláudio de Sousa, em declarações à Inforpress.

Os jovens cabo-verdianos, prosseguiu, não confiam uns nos outros, responsabilizando os partidos políticos, mormente MpD e PAICV, por estarem a “promover a desmobilização da juventude”, sobretudo na sua adesão ao PTS.

Como forma resolver esta situação, apelou a adesão dos jovens cabo-verdianos ao PTS para que juntos possam criar um partido “do povo e para servir o povo”.

Nesse sentido, avançou, conforme a Inforpress, que após as eleições legislativas, “atingindo ou não a meta do partido” que é eleger em todos os seis círculos que concorre pelo menos cinco deputados para poder formar grupo parlamentar, o primeiro passo vai ser a reestruturação do partido, que passa pela convocação de um congresso nacional.

De segunda-feira, 05, a quarta-feira, 07,na qualidade de presidente interino do PTS, Cláudio de Sousa vai estar em acção de campanha no círculo eleitoral de Santiago Sul, sobretudo na cidade da Praia, para pedir o fim da maioria absoluta para MpD ou PAICV e voto de confiança nesse partido “liderado por jovens”, e ainda para cumprir outros compromissos.

Às legislativas do dia 18 de Abril para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e os três da diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project