Legislativas 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago Norte: Desemprego preocupa partidos políticos 12 Abril 2021

Estando Santiago Norte entre as regiões com maior taxa de desemprego no país, Santiago Norte, as candidaturas para o segundo maior círculo eleitoral nacional têm entre os seus principais desafios a promoção e políticas de crescimento e económico e promoção do emprego na região. Um ponto em comum entre MpD, PAICV, UCID e PP tem a ver com maior aposta no setores primários (agricultura, pecuária e pescas) por forma a aproveitar as vocações e potencial da região, para assegurar mais e melhor emprego, sobretudo, entre a camada jovem.

Santiago Norte: Desemprego preocupa partidos políticos

A começar pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PACV), a comitiva liderada por João Batista Pereira (cabeça de lista em Santiago Norte) esteve esta segunda-feira, 12 de abril, com as populações de Lagoa, Achada Lagoa e Mangue no município do tarrafal, a socializar a sua proposta de projeto para o desenvolvimento local, reconhecendo o potencial e vocação local para a agricultura, pecuária e, também, para o turístico.

“Caso o PAICV vença as eleições, vamos trabalhar em parceria com a Câmara Municipal e com o Governo em todas as áreas de desenvolvimento para garantir um desenvolvimento sustentável”, promete o mandatário do partido Estrela Negra, Arnaldo Andrade, a sublinhar a implementação de um programa de emprego público com “respostas imediatas” para a juventude. Até porque, diz, “o Governo do MpD não tem criado uma política activa de emprego que responda às necessidades das pessoas, sobretudo dos jovens”.

Andrade sustenta ainda que “é preciso melhorar o desempenho da economia nacional, para que possa traduzir-se na geração de empregos e melhoria da situação da população nomeadamente com o aumento do poder de compra”.

A UCID, na voz de Adelgisa Jesus Monteiro, mandatária do partido em Santiago Norte, centra a sua proposta numa “aposta forte” nos setores primários (agricultura, pecuária), com formação e capacitação dos jovens para alavancar estes setores e promover o emprego.

Tratar-se á de uma “nova abordagem” face à problemática do emprego jovem, de acordo com a cabeça de lista dos democratas-cristãos, Neida Rompão, assente na promoção do empreendedorismo e na valorização das potencialidades de cada jovem.

“Iremos promover um empreendedorismo voltado para a realidade do Município”, ou seja, que leve em conta as potencialidades e necessidades da região, assim como a capacitação e ambição da juventude local como caminhos para reduzir a taxa de desemprego regional, que é, atualmente de 23,6%, para 10%. Como? “Através de políticas de incentivo e do fomento do autoemprego”, sublinha Rompão.

Refira-se que, durante esta segunda-feira, a UCID percorreu todas as localidades de Assomada (Santa Catarina) e Ribeira das Pratas (Tarrafal), entre a manhã e à tarde, para fazer passar ao eleitorado as suas propostas de investimentos e desenvolvimento daqueles municípios de Santiago Norte.

O desemprego está também na ordem do dia do PP, como afirma o cabeça de lista do Partido Popular (PP) para Santiago Norte, Arlindo Mendes Vieira, que reafirma o intento do seu partido em criar políticas de incentivo e do fomento do autoemprego em toda a região.

“O desemprego no seio dos jovens ronda os 23,6%, uma taxa que consideramos alta. Os sucessivos governos prometem muito, mas nunca fizeram nada para os jovens”, afirma Vieira.

Aqui, de novo, a agricultura e criação de gado são eleitas como sendo setores de rendimentos e oportunidades para as famílias. “Os agricultores e criadores precisam de uma linha de crédito para desenvolverem as suas atividades e assim, criar oportunidades de criar rendimentos”, conclui aquele candidato.

Também o Movimento para a Democracia (MpD), de acordo com o seu mandatário pelo Círculo Eleitoral de Santiago Norte, José Pedro Soares, aponta a agricultura e criaçãode gado como áreas chaves para o desenvolvimento local. Daí que, em conversa com o asemanaonline, este garanta constar na Plataforma Eleitoral do partido, um conjunto de medidas e políticas públicas capazes de combater o desemprego na região.

“Nós estamos a propor uma linha de crédito para apoiar os operadores destes setores na aquisição de equipamentos modernos e de raças melhoradas para garantir que as famílias de Santiago Norte tenham rendimento e criem empregos para outras”, exemplifica Soares.

Também os ventoinhas vêm na formação profissional uma via de qualificação e capacitação dos jovens para o desenvolvimento desses setores.

Contudo, O Movimento para a Democracia (MpD) faz um “balanço positivo” das políticas de promoção do emprego e empregabilidade nos anos em que esteve a governar, tanto no país como na região.

De salientar que este partido prossegue com contactos porta-a-porta nas localidades de Ponta Gato e "Cobôn Chance", Concelho de Tarrafal para apelar ao "voto de confiança" na sua candidatura, segundo José Pedro Soares.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project