SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago Norte: Santa Cruz comemora 50 anos da sua criação 29 Mar�o 2021

O município de Santa Cruz, no interior da ilha de Santiago, considerado o maior concelho agrícola desta ilha, comemora hoje 50 anos da sua criação, em 1971.

Santiago Norte: Santa Cruz comemora 50 anos da sua criação

De acordo com dados publicados no sítio da autarquia na Internet, Santa Cruz tem 109 quilómetros quadrados e foi proclamado concelho pelo Decreto-Lei nº 108/71, de 22 de Março, pela desanexação de duas freguesias da municipalidade da Praia.

Segundo escreve a Inforpress, a criação deste município do interior de Santiago, que tem a sede na cidade de Pedra Badejo, teve como objectivo promover o desenvolvimento de actividades que o crescimento populacional impunha e possibilitar às populações, contactos rápidos com as sedes quer do concelho quer das freguesias, onde os seus problemas deviam ser resolvidos.

Considerado como o concelho mais agrícola da ilha de Santiago, com a prática da agricultura a desdobrar-se nas modalidades de regadio e sequeiro, tornando-se assim a principal actividade económica que, aliada ao sector da pesca, ocupa cerca de 45% da população activa de Santa Cruz.

Deste modo e considerando a situação da seca e do mau ano agrícola que assola o país, este concelho torna-se num dos municípios mais afectados.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) de 2017, o concelho de Santa Cruz tem actualmente uma população residente de 26.190, sendo 49,4 por cento (%) do sexo masculino e 50,6% do sexo feminino, representando 8,7% a nível da ilha de Santiago e 4,9 % a nível de Cabo Verde, cita Inforpress.

No campo da educação, os dados apontam que 84,4% da população com 15 ou mais anos é alfabetizada, com maior incidência na faixa etária entre 15-24 anos, em que a taxa sobe para 98,3%.

Relativamente ao mercado de trabalho, avança a mesma fonte, o INE estima que 50,2% da população activa de Santa Cruz encontra-se ocupada, sendo 57,8% homens e 42,5% mulheres. A taxa do desemprego ronda os 5,8%, sendo 5,7% nos homens e 6,0% nas mulheres, ao passo que o desemprego afecta 14,4% dos jovens (15-24 anos).

Nas condições de vida, 82,1% dos 6.305 agregados familiares têm acesso à electricidade, 57,7% têm acesso à casa de banho e 70,8% à água canalizada da rede pública, 53,8% usam contentores para evacuação do lixo, 44,9% usam gás para cozinhar e 53,6% usam a lenha para cozinhar.

No acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), o telefone fixo chega a 11,5% das habitações, 74,9% têm televisão, 6,8% têm televisão por assinatura, 16,9% têm computador e 7,4% tablet e 63,8 % usam internet, referem a notícia avançada pela Inforpress.

Além de várias actividades culturais e desportivas realizadas desde o início do mês de Março, está prevista ainda no âmbito da comemoração dos 50 anos do município, uma sessão solene da Assembleia Municipal, que se realiza hoje, a partir das 15:00.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project