POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago Norte vai a eleições: José Maria Veiga concorre com dois vice-presidentes 31 Julho 2009

A Região de Santiago Norte (RSN) do PAICV vai a eleições directas este domingo. José Maria Veiga- membro do Conselho Nacional e responsável a nível do Secretariado Nacional pelas Relações Externas do PAICV - é o candidato consensual à liderança da Comissão Política Regional (CPR), no que vai ser coadjuvado por dois vice-presidentes: Orlando Sanches e Victor Baessa, presidentes das Câmaras de Santa Cruz e de São Lourenço dos Órgãos, respectivamente. De fora ficou o edil dos Picos, João Baptista Pereira, que não quis integrar os órgãos dirigentes do PAICV na região.

Santiago Norte vai a eleições: José Maria Veiga concorre com dois vice-presidentes

Este fim-de-semana, entre as 8 e as 18 horas, os militantes tambarinas do interior de Santiago vão eleger o presidente, dois vice-presidentes e os oito vogais da sua região política. 6.151 militantes inscritos devem participar neste acto que mobiliza 71 assembleias de voto, uma das quais móvel. Estas assembleias cobrem os seis sectores que fazem parte da RSN: Santa Catarina, Santa Cruz, Tarrafal, São Lourenço dos Órgãos, Calheta de S.Miguel e São Salvador do Mundo. A condução do processo está à cargo da Comissão Organizadora das Eleições Regionais em Santiago Norte (COERSN), presidido por Arsénio Furtado.

José Maria Veiga, candidato único à presidência da Região, assegura que as listas para os diferentes órgãos regionais estão praticamente prontas "e resultam de um consenso conseguido entre as seis estruturas concelhias da região". Este dirigente do PAICV, membro do Conselho Nacional e do Governo de José Maria Neves- é ministro do Ambiente, Desenvolvimento Rural e Recursos Marinhos - diz ainda que vai ter dois vice-presidentes: Orlando Sanches (edil de Santa Cruz) e Victor Baessa (presidente da Câmara de São Lourenço dos órgãos).

Assembleia Regional eleita a 9 de Agosto

Entretanto, os militantes do PAICV em Santiago Norte só vão eleger os órgãos deliberativos da Região no dia 9 de Agosto. A esse propósito Veiga garante que os lugares serão destribuídos, "de forma equilibrada", entre as diferentes estruturas concelhias. A mesma fonte específica que, diante da recusa do edil João Baptista Pereira em integrar a CPR, outra pessoa de São Salvador do Mundo deverá assumir a presidência da Mesa da Assembleia Regional. Calheta de S.Miguel ficará, por seu turno, com a vice-presidência do mesmo órgão.

O deputado e ex- ministro da Justiça, José Manuel Andrade, presidirá o Conselho de Jurisdição e Fiscalização Regional, devendo o sector do Tarrafal ocupar a vice-presidência desse órgão.

Ao trazer o lema «Santiago Norte: Unidos para vencer» para a corrida, José Maria Veiga, que é natural de Santa Catarina (Rubon Manel), diz que as próximas eleições de 2011/12 são a sua meta. «Em síntese, é preciso que Santiago Norte dê um contributo forte para levar o PAICV a melhorar a governação do país e, consequentemente, o bem-estar do povo cabo-verdiano», perspectiva o candidato à liderança de RSN.

Para conseguir tal desiderato, o politico adverte que é fundamental que os militantes de Santiago Norte escolham, de forma clara, lideres fortes e credíveis a todos os níveis. Também os dirigentes que saírem destas eleições devem definir os eixos de intervenção prioritária para trabalharem com rumo e com metas. E aponta uma meta a curto prazo: fazer com que o partido se abra um pouco mais à sociedade civil, chegando aos quadros, jovens e mulheres.

A nível interno, JMV promete romper com práticas e métodos de trabalho inadequados e que teimosamente continuam a existir na vida prática do seu partido. Esta nova liderança do PAICV em Santiago Norte também quer definir uma política de apoio às Câmaras do PAICV, ao mesmo tempo que anuncia uma oposição forte e construtiva aos Municípios geridos pelo MpD. Mas como não há partido nem novas práticas se não houver o homem certo no lugar certo, urge também criar novas lideranças. Daí anunciar: "formação, formação e formação para dirigentes regionais de níveis diferentes". Tudo, segundo o líder já anunciado de Santiago Norte, na perspectiva de revitalizar o PAICV e contribuir para que «seja um partido representativo da densidade social, mas unido no essencial».

ADP

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project