AMBIENTE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santo Antão: Associação de guias de turismo considera lixeira intermunicipal “a maior vergonha para o turismo” 30 Outubro 2022

A lixeira intermunicipal de Santo Antão, que se situa nas imediações da Ribeira Brava, na fronteira entre Porto Novo e Paul, representa “a maior vergonha e uma desmoralização para o turismo” nesta ilha.

Santo Antão: Associação de guias de turismo considera lixeira intermunicipal “a maior vergonha para o turismo”

O alerta é da Associação dos Guias do Turismo de Santo Antão, que se diz “preocupada” com o “impacto negativo” que a lixeira intermunicipal continua a ter no turismo santantonense, numa altura em que começam a chegar à ilha grupos de turistas para praticar o trekking (caminhadas em trilhas).

“Numa volta à Ilha, a última imagem que os turistas levam é uma enorme fumaça derivada da queima irresponsável do lixo na lixeira intermunicipal da Ribeira Brava”, informou esta associação, através de uma nota a que a Inforpress teve acesso.

Segundo a mesma fonte “o lixo é queimado praticamente à berma da estrada, deixando a visibilidade escura e medonha”.

A Associação dos Guias de Turismo de Santo Antão pede “encarecidamente a quem de direito que reveja essa situação para o bem do turismo em Santo Antão e da saúde pública”.

Está a ser construído um aterro controlado em Santo Antão, mais precisamente, nas proximidades da lixeira intermunicipal, cujas obras estão na recta final, segundo a associação dos municípios desta ilha.

O presidente da Associação dos Municípios de Santo Antão, Aníbal Fonseca, havia garantido, em Agosto, que as obras do aterro ficariam prontas em dois meses, ou seja, agora em Outubro.

A construção do aterro melhorado, que se insere no quadro do plano operacional de gestão dos resíduos para Santo Antão, consiste na construção de um trilho de 650 metros e um espaço onde passará a ser depositado todo o lixo produzido nos três municípios.

A obra contempla ainda a construção de um muro para impedir que o lixo depositado seja arrastado para o mar e uma vedação com 800 metros de comprimento para impedir que animais entrem no espaço.

Anualmente, são produzidas mais de quatro mil toneladas de lixo em Santo Antão, segundo o plano operacional de gestão dos resíduos para Santo Antão. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project