CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santo Antão: Cães vadios continuam a preocupar criadores no Porto Novo 03 Janeiro 2020

Criadores de gado de Ponte Sul, Lajedos e Ribeira das Patas, no interior do município do Porto Novo, Santo Antalão, voltam a alertar para o facto de os cães vadios continuarem a atacar o gado nessas localidades.

Santo Antão: Cães vadios continuam a preocupar criadores no Porto Novo

Segundo a Inforpress, os criadores dizem-se “desesperados” com essa situação e exortam as “autoridades competentes” a ajudarem a classe a se livrar desses animais abandonados, que estão “a dar cabo” do gado caprino neste concelho.

Desde Outubro, esses cães terão já matado “várias dezenas” de cabras no Porto Novo, uma situação com a qual estão a ser confrontados, igualmente, os criadores nas zonas altas de Santo Antão, sobretudo no Planalto Leste.

Para a Associação dos Criadores de Gado do Porto Novo, os cães vadios constituem “uma séria ameaça” ao efectivo pecuário neste concelho, com particular incidência nos arredores da cidade do Porto Novo, onde concentra-se “uma parte significativa” do gado caprino, neste município.

Conforme a mesma fonte, o Ministério da Agricultura e Ambiente, através da Direcção-geral da Agricultura, Silvicultura e Pecuária, reconhece que se está perante “um problema muito sério”, e tem prometido trabalhar com as câmaras municipais e com as associações de defesa dos animais para se encontrar uma solução ao problema.

No caso do Porto Novo, a câmara tem prometido criar um canil para atenuar o problema de cães vadios que, segundo os munícipes, constituem, também, um perigo à saúde pública no concelho, refere a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project