AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santo Antão: MpD levanta novamente o troféu em todas as câmaras municipais da ilha 26 Outubro 2020

Na noite deste domingo, o Movimento para a Democracia fez história novamente ao reeleger todos os três candidatos dos três municípios da ilha das montanhas. A disputa pelas câmaras foi renhida entre as quatro forças concorrentes nos três concelhos - Ribeira Grande, Paul e Porto Novo.

Santo Antão: MpD levanta novamente o troféu em todas as câmaras municipais da ilha

O candidato vencedor das eleições autárquicas no Porto Novo, Aníbal Fonseca, declarou, este domingo, que a sua vitória eleitoral é resultado do trabalho que fez nos últimos anos neste concelho, “que se caracterizaram por uma governança local próxima das pessoas”.

Aníbal Fonseca disse ter ganho as eleições com cerca de 60 por cento (%) dos votos expressos e considerou que o seu triunfo eleitoral se deveu ainda ao fato de ter sido “um presidente amigo” e de ter presidido uma “câmara eficiente que realizou o sonho dos porto-novenses”.

Orlando Delgado, candidato do Movimento para a Democracia é o vencedor das eleições autárquicas, deste domingo, 25, no município da Ribeira Grande, ao conquistar a câmara com 5.087 (63,6 %) votos.

Delgado agradeceu aos ribeira-grandenses pelo reconhecimento e pela confiança, comprometendo continuar a trabalhar para elevar o patamar de desenvolvimento do concelho. O edil avança ainda que a governação de continuidade vai apostar no desencravamento de localidades e no trabalho com a juventude no sentido de gerar mais emprego aos jovens. Após o anúncio dos resultados, os militantes e simpatizantes do partido caíram em festas, com desfiles de carros pelas ruas da Ribeira Grande.

A Câmara Municipal de Ribeira Grande, concorriam para além de Orlando Delgado (MpD), Odailson Bandeira(PAICV) que obteve 1.563 (17,8) e Paulino Dias, candidato independente, que ficou em segundo lugar com 1.722 (19,6 %).

No Paúl, o candidato do Movimento para a Democracia (MpD) António Aleixo, que concorria à própria sucessão, venceu as eleições com 2.064 (63,6 %) votos.

Numa primeira reacção à imprensa, António Aleixo assegurou que trabalhou e vai continuar a trabalhar, “independentemente das mensagens de calúnias e mentiras” ouvidas durante a campanha. “Porque, uma vitória estrondosa dessa não foi só gente amiga, não foram só militantes e simpatizantes do partido, que nos deu ele”, disse António Aleixo.

Conforme os dados da Comissão Nacional de Eleições (CNE) publicados na Plataforma do NOSI, o candidato do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Carlos Pires Ferreira, obteve 1,390 (36,6 %) votos e o da UCID ficou na fasquia de 207 (5,5 %) votos.

Com esses dados, o MpD voltou a reconquistar, neste domingo 25, a ilha de Santo Antão, seu bastião que agora coberto de verde.

OS/AC

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project