POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santo Antão: Munícipe da Ribeira Grande propõe referendo sobre processo de regionalização 16 Setembro 2018

O munícipe do concelho da Ribeira Grande, Helder Salomão, propôs hoje,15, a realização de um referendo para que o povo possa pronunciar-se acerca das propostas de regionalização em discussão na sociedade cabo-verdiana.

Santo Antão: Munícipe da Ribeira Grande propõe referendo sobre processo de regionalização

Helder Salomão, que aceitou falar aos jornalistas no final de um encontro promovido pela Assembleia Municipal da Ribeira Grande para socializar propostas de regionalização junto da sociedade civil, disse, segundo a Inforpress, que a regionalização é um “processo bom” para o país, mas “deve ser discutido sem que os partidos pretendam retirar dividendos ou reclamar a paternidade do processo”, razão porque “o povo deve ser chamado a pronunciar-se em referendo”.

O encontro, promovido pela Assembleia Municipal da Ribeira Grande teve lugar, este sábado, no Centro Agrícola de Afonso Martinho, com vista à socialização da proposta de lei de regionalização submetida pelo Governo e do projecto de lei apresentado pelo grupo parlamentar do PAICV (oposição).

A apresentação dos documentos esteve a cargo do presidente da Assembleia Municipal da Ribeira Grande, Arlindo Fortes, que fez notar as semelhanças e principais diferenças entre a proposta de lei do Governo e o projecto de lei do grupo parlamentar do PAICV.

Embora não fosse uma imposição legal, a assembleia municipal decidiu levar os documentos à discussão junto da sociedade civil ribeira-grandense porque, segundo Arlindo Fortes, “há um défice de debate público sobre o processo de regionalização, aqui na Ribeira Grande” e o encontro tinha o objectivo de “colmatar essa lacuna”.

Por isso foi agendado este acto público que contou com a presença de “forças vivas” e população do concelho da Ribeira Grande, com vista à recolha de subsídios que serão tidos em conta durante a sessão extraordinária da assembleia municipal, marcada para 04 de Outubro, durante a qual se produzirá uma deliberação que será enviada à Assembleia Nacional, refere a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project