Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Lourenço dos Órgãos: Candidatos reforçam porta-a-porta para apresentar plataforma eleitoral 14 Outubro 2021

Em São Lourenço dos Órgãos de Santiago, ativistas e simpatizantes das várias candidaturas às eleições presidenciais de 17 deste mês, (Carlos Veiga, Hélio Sanches, Joaquim Monteiro, Fernando Delgado e José Maria Neves) intensificam as suas ações de terreno nesta reta final da campanha, nomeadamente através de contatos porta-a-porta com os eleitores.

São Lourenço dos Órgãos: Candidatos  reforçam porta-a-porta para apresentar plataforma eleitoral

Carlos Veiga ataca várias localidades

Com vista a promover a candidatura e de fazer convencer o eleitorado, os apoiantes do candidato a presidente da República, Carlos Veiga, percorreram, esta quarta-feira, várias localidades de São Lourenço dos Órgãos, nomeadamente Pico de Antónia, Lage e zonas altas, conforme informações avançadas a este diário digital pelo mandatário Carlos Vasconcelos.

“Somos 70 ativistas e apoiantes do candidato, distribuídos em três grupos. Temos levado a mensagem de esperança às pessoas. Aliás, as pessoas nos têm recebido a nossa equipa de forma animadora, o que nos demonstra vitória no próximo domingo. Por isso, apelamos a todos que exerçam o seu direito de voto a favor de Carlos Veiga – candidato capaz de fazer uma política de equilíbrio e exercer uma magistratura de influência junto do governo”, indica.

Segundo a mesma fonte, os apoiantes de Carlos Veiga aproveitaram a oportunidade para auscultar as preocupações e problemas que as famílias enfrentam no concelho, designadamente desemprego juvenil, falta de formação profissional, falta de habitação própria e o baixo nível de rendimento para o sustento das famílias, entre outros. “Caso vencermos as eleições, vamos discutir junto do governo para a criação de políticas públicas voltadas para as famílias vulneráveis no concelho e no país”, promete.

Hélio Sanches reforça porta-a-porta com eleitores

Por sua vez, a equipa e apoiantes do candidato Hélio Sanches estiveram, esta quarta-feira, nas localidades de Órgãos Pequeno e São Jorge, em contactos de porta-a-porta, com vista a fazer convencer as pessoas a votarem na sua candidatura`.

De acordo com a mandatária, os integrantes da equipa ouviram os vários problemas que afetam a vida das famílias locais. Carmen Correia precisa que são 21 elementos, subdivididos em três grupos, que têm apresentado às pessoas as suas ideias e a plataforma eleitoral.

“Temos projetos capazes de servir as comunidades de São Lourenço dos Órgãos, sobretudo no combate e eliminação da pobreza extrema, promoção da formação profissional e criação de atividades geradoras de rendimento às famílias mais vulneráveis”, aponta.

Conforme a mesma fonte, Hélio Sanches estará de visita, esta quinta-feira, para contactos diretos com as pessoas em várias localidades do concelho, para apresentação da sua plataforma eleitoral e ouvir as dificuldades e problemas socioeconómicos das famílias.

Sanches aposta na agricultura, cultura, agronegócios, turismo rural, urbanização e formação profissional dos jovens. Tudo como uma saída para “driblar” o desemprego, através de um diálogo e intervenção junto do governo.

Joaquim Monteiro em São Lourenço dos Órgãos

O “candidato do povo” às presidenciais de 2021, Joaquim Monteiro, esteve, esta quarta-feira, em São Lourenço dos Órgãos (Rincão e outras localidades próximas) para apresentação da sua plataforma eleitoral e explicar às pessoas o motivo da sua candidatura a PR, segundo informações avançadas pela mandatária Maria Conceição,
Ainda de acordo com a mesma, por falta de recursos materiais e financeiros, e devido à atual situação da pandemia, que se vive no país, as campanhas eleitorais de Monteiro são limitadas.

“Contudo, como candidatura do povo, estamos a esforçar e fazer o essencial, para fazer passar as nossas mensagens e convencer as pessoas, no sentido de votarem no candidato. Caso Monteiro vença as eleições, vai intervir junto do governo para implementação de políticas voltadas para o desenvolvimento da economia do país e criação de programas e atividades que ajudem as populações”, garantiu.

Fernando Delgado retoma campanha em São Vicente

Depois de percorrer, nos últimos dois dias, várias localidades das regiões sul e norte da ilha de Santiago, o candidato a Presidente da República, Fernando Delgado, regressou, esta quarta-feira, para ilha de São Vicente, onde retomou as suas atividades de campanha eleitoral.

Conforme o mandatário Adilson Oliveira, por motivo da falta de transportes (aéreos e marítimos), as ilhas localizadas mais a sul do país (Maio, Fogo e Brava) ficaram sem cobertura do candidato.

“Infelizmente, Cabo Verde ainda não está preparado para dar vazão às demandas das pessoas, no que diz respeito às deslocações para as várias ilhas do arquipélago. Por isso, concorremos às presidenciais com vista a encontrar, junto do governo e outros parceiros, soluções para colmatar os problemas de transportes no país”, anuncia.

Casimiro de Pina no Fogo

Por seu lado, o candidato a chefe de Estado Casimiro de Pina se encontra no Fogo, onde via permanecer até sexta-feira, para contactos diretos com os eleitores dos três concelhos (São Filipe, Santa Catarina e Mosteiros), conforme informações fornecidas pelo mandatário José Henrique Freire.

Com “algum percurso de investigação científica, publicação e pesquisa”, para além da participação em “várias conferências” sobre a Constituição, a democracia e o desenvolvimento económico, De Pina declara que a sua principal motivação se deve a um desafio perante “a mudança da cultura política”.

Com uma comitiva composta por mais de 20 elementos, José Henrique garantiu que suas mensagens têm passado sem qualquer sobressalto e mostra-se confiante na vitória do dia 17 deste mês.

“Uma vez eleito, Casimiro de Pina cumprirá fielmente a Constituição da República e será uma voz atenta aos problemas da sociedade cabo-verdiana, pois será ativo no exercício da magistratura de influência. Aliás, um Presidente tem como funções a representação interna e externa, sendo o símbolo da unidade da Nação e do Estado”, adianta.

Caravana de JMN visita comunidades

A candidatura de José Maria Neves esteve, esta quarta-feira, em São Lourenço dos Órgãos, para intensificar as suas atividades de campanha eleitoral e pedir os eleitores para “continuarem juntos nessa jornada rumo à vitória no dia 17 de Outubro”, de acordo com informações recolhidas junto do seu mandatário Euclides Cabral.

José Maria Neves, que já foi presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, deputado, e já exerceu três mandatos com Primeiro-ministro. Depois de um longo percurso político, quer agora ser Presidente da República de Cabo Verde para continuar a servir o país e elevar assim cada vez mais o nome de Santa Catarina.

Tendo como lema “juntemos as mãos, a cabeça e o coração para ganharmos Cabo Verde”, a sua candidatura aponta como uma das suas prioridades a reconstrução do país no pós-pandemia e a modernização do arquipélago para acelerar o ritmo de desenvolvimento, segundo o mandatário Euclides Cabral. Neves deve encerrar, esta sexta-feira, a campanha eleitoral em Santiago Norte com um grande comício na cidade de Assomada.

Gilson Alves incontactável

Entretanto, este jornal tentou ouvir a candidatura de Gilson Alves, mas tal foi impossível até ao fecho desta edição – os contatos serão retomados nas próximas edições do Asemanaonline.

Celso Lobo/Redação

...............

Representação de Carlos Veiga ataca várias localidades do concelho

Com vista a promover a candidatura e de fazer convencer o eleitorado, os apoiantes do candidato a presidente da república, Carlos Veiga, percorreram esta quarta-feira, várias localidades de São Lourenço dos Órgãos, nomeadamente Pico de Antónia, Lage e zonas altas, conforme informações avançadas a este diário digital pelo mandatário, Carlos Vasconcelos.

“Somos 70 ativistas e apoiantes do candidato, distribuídos em três grupos e temos levado mensagens esperançosas às pessoas. Aliás as pessoas nos tem recebido de forma animadora, o que nos demonstra vitória no próximo domingo e, por isso, apelamos a todos que exerçam o seu direito de voto a favor de Carlos Veiga – candidato capaz de fazer uma política de equilíbrio e exercer uma magistratura de influência junto do governo”, indica.

Ainda segundo o mandatário, os ativistas e apoiantes do candidato a presidente da república aproveitaram a oportunidade para auscultar as preocupações e problemas que as famílias enfrentam no concelho, designadamente desemprego juvenil, falta de formação profissional, falta de habitação própria e baixo nível de rendimento para o sustento das famílias, entre outros. “Caso vencermos as eleições, vamos discutir junto do governo para a criação de políticas públicas voltadas para as famílias vulneráveis no concelho e no país”, promete.

Hélio Sanches reforça contactos diretos com o eleitorado do concelho e ausculta preocupações das famílias

A equipa e apoiantes do candidato a presidente da república, Hélio Sanches estiveram esta quarta-feira, nas localidades de Órgãos Pequeno e São Jorge, concelho de São Lourenço dos Órgãos para contactos porta-a-porta, com vista a fazer convencer as pessoas a votarem na sua candidatura`.

De acordo com a mandatária, Car também ouviram os vários problemas que afetam a vida das famílias locais. Segundo a mandatária Carmen Correia, são 21 elementos, subdivididos em três grupos que têm apresentado às pessoas as suas ideias e apresentação da plataforma eleitoral.

“Temos projetos capazes de servir as comunidades de São Lourenço dos Órgãos, sobretudo no combate e eliminação da pobreza extrema, promoção da formação profissional e criação de atividades geradoras de rendimento às famílias mais vulneráveis”, aponta.

Ainda conforme a mandatária, o candidato Hélio Sanches estará de visita, esta quinta-feira, para contactos diretos com as pessoas em várias localidades do concelho, para apresentação da sua plataforma eleitoral e ouvir as dificuldades e problemas socioeconomicas das famílias.

Saches aposta na agricultura, cultura, agronegócios, turismo rural, urbanização e formação profissional dos jovens. Tudo como uma saída para “driblar” o desemprego, através de um diálogo e intervenção junto do governo.

Joaquim Monteiro em São Lourenço dos Órgãos

O “candidato do povo” às presidenciais de 2021, Joaquim Monteiro esteve esta quarta-feira em São Lourenço dos Órgãos (Rincão e outras localidades próximas) para apresentação da sua plataforma eleitoral e explicar às pessoas o motivo da sua candidatura, segundo informações avançadas pela mandatária, Maria Conceição,

Ainda de acordo com a mesma, por falta de recursos materiais e financeiros, e devido à atual situação da pandemia, que se vive no país, as campanhas eleitorais de Monteiro são limitadas. “Contudo, como candidatura do povo, estamos a esforçar e fazer o essencial, para fazer passar as nossas mensagens e convencer as pessoas, no sentido de votarem no candidato. Caso vença as eleições, vai intervir junto do governo para implementação de política voltadas para o desenvolvimento da economia do país e criação de programas e atividades que ajudem as populações”, garantiu.

Fernando Delgado retoma campanha em São Vicente

Depois de percorrer, nos últimos dois dias, várias localidades das regiões sul e norte da ilha de Santiago, o candidato a presidente da república, Fernando Delgado regressou esta quarta-feira para ilha de São Vicente e retomar as suas atividades de campanha eleitoral.

Conforme o mandatário, Adilson Oliveira, por motivo da falta de transportes (aéreos e marítimos), as ilhas localizadas mais a sul do país (Maio, Fogo e Brava) ficaram sem cobertura do candidato.

“Infelizmente, Cabo Verde ainda não está preparado para dar vazão às demandas das pessoas, no que diz respeito às deslocações para as várias ilha do arquipélago. Por isso, concorremos às presidenciais com vista a encontrar, junto do governo e outros parceiros, soluções para colmatar os problemas de transportes no país”, anuncia.

Casimiro de Pina percorre todos os concelhos da ilha do Fogo

Enquanto candidato a chefe de Estado, o jurista, Casimiro de Pina vai permanecer na sua ilha natal (Fogo) até sexta-feira, para contactos diretos com os eleitorados dos três concelhos (São Filipe, Santa Catarina e Mosteiros), conforme informações fornecidas pelo mandatário José Henrique Freire.

com “algum percurso de investigação científica, publicação e pesquisa”, para além de participação em “várias conferências” sobre a constituição, a democracia e o desenvolvimento económico, declara que a sua principal motivação se deve a um desafio perante “a mudança da cultura política”.

Com uma comitiva composta por mais de 20 elementos, José Henrique garantiu que suas mensagens têm passado sem qualquer sobressalto e mostra-se confiante na vitória do dia 17 deste mês.

“Uma vez eleito Casimiro de Pina cumprirá fielmente a Constituição da República e será uma voz atenta aos problemas da sociedade caboverdiana, pois será ativo no exercício da magistratura de influência. Aliás um Presidente tem como funções a representação interna e externa, sendo o símbolo da unidade da Nação e do Estado”, adianta.

Representação de JMN continua com contactos diretos com as comunidades locais

A representação da candidatura de José Maria Neves esteve esta quarta-feira em São Lourenço dos Órgãos, para reforçar, intensificar as suas atividades de campanha eleitoral e pedir aos santacatarinenses para “continuarem juntos nessa jornada rumo à vitória no dia 17 de Outubro”, de acordo com informações recebidas do seu mandatário Euclides Cabral.

José Maria Neves, que já foi presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, deputado, e já exerceu três mandatos com primeiro ministro, pede aos santacatarinenses que continuem juntos a trabalhar por Cabo Verde. Ele, depois de um longo percurso político, quer ser Presidente da República de Cabo Verde, para continuar a servir o país e elevar cada vez mais o nome de Santa Catarina.

Tendo como lema “juntemos as mãos, a cabeça e o coração para ganharmos Cabo Verde”, a sua aponta como uma das suas prioridades, a reconstrução do país no pós pandemia e a modernização do arquipélago para acelerar o desenvolvimento, segundo o mandatário Euclides Cabral.

Gilson Alves incontactável

Correlação à candidatura de Gilson Alves, este diário digital tentou falar com o seu mandatário, Edmilson Aguiar, via telefone, mas até o fecho desta edição tal não foi possível. Entretanto, o asemanaonline promete insistir as “chamadas” e apresentar os depoimentos acerca da candidatura nas próximas edições.

Celso Lobo/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project