POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Lourenço dos Órgãos: PAICV avalia negativamente relatório de actividades da autarquia de 2018 31 Mar�o 2019

Os eleitos municipais do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) avaliaram, sexta-feira, negativamente, o relatório de actividades da Câmara Municipal de São Lourenço dos Órgãos relativo ao ano económico de 2018.

São Lourenço dos Órgãos: PAICV avalia negativamente relatório de actividades da autarquia de 2018

Em declarações à imprensa referida pela Inforpress, o líder da bancada do PAICV, José Correia, que disse que o seu partido avalia negativamente o relatório de actividades, porque não se está a ser cumprida as “grandes promessas”, aliás, ao seu ver a realidade do município fala por si.

Para a mesma fonte, o município encontra-se num “estado de calamidade”, com pessoas com insegurança alimentar. Prova disso é que, segundo ele, a própria edilidade tem estado a entregar cabaz de arroz por toda parte do município.

No seu entender, não se pode dizer que o município encontra-se no rumo do desenvolvimento se não há emprego digno para a juventude, se famílias têm tectos a desabar e com habitação social do “Casa para Todos” fechadas, se jardins infantis estão degradadas, se há falta de água e se as potencialidades do município, mormente agricultura, pecuária e turismo estão abandonadas.

O líder da bancada do Movimento para a Democracia (MpD, poder), Odair Afonso, por seu lado, disse que o seu partido faz uma apreciação positiva do relatório porque a realidade do município fala por si, tendo em conta que segundo ele, hoje São Lourenço dos Órgãos “respira um novo fôlego rumo ao desenvolvimento”.

A título de exemplo, o eleito municipal informou que durante o ano 2018 foram executadas várias obras, políticas sociais em consonância com aquilo que são expectativas dos próprios municípios, sobretudo nas zonas altas que estavam “quase esquecidas” que hoje alberga um Centro Multiuso.

Por sua vez, o vereador da Educação, Turismo, Formação Profissional, Juventude, Cultura e Desporto, Valdano Furtado, disse que a câmara faz uma avaliação positiva, tendo em conta que conseguiram realizar “praticamente” 80 por cento (%) do programa proposto no plano de actividades.

Segundo ainda Furtado citado pelo Inforpress, o município teve intervenções em todos os sectores, desde desencravamento das localidades, aposta na formação profissional com reabertura do Centro de Transformação Agro-Alimentar de São Jorge que de momento tem mais de 100 jovens em formação e requalificação urbana.

Em relação à crítica do PAICV sobre degradação das infra-estruturas educativas, sobretudo jardins infantis, o autarca fez saber que faltam apenas duas por receber obras de intervenções, ou seja, a de Levada e Achada Costa, mas deixou garantias que as obras vão arrancar na próxima semana, tendo em conta que já têm financiamento para tal.

Venda de terrenos ao desbarato e salário mínimo aprovado

Conforme a fonte deste jornal, esta sessão ordinária da Assembleia Municipal (AM), a primeira deste ano do mandato (2016-2020), serviu, igualmente para deliberação sobre concessão de terreno e prédios urbanos que a edilidade recebeu do Governo e sobre a implementação do salário mínimo.

Relativamente à venda de terreno, o PAICV fala em “desbaratamento” do mesmo, enquanto o MpD e a Câmara Municipal falam em investimentos, cujos montantes arrecadados vão servir para erguer infra-estruturas no município, como por exemplo um campo relvado em Carreira.

No que tange à implementação de salário mínimo em que PAICV diz que a edilidade não deviria levar a proposta para a AM, mas sim cumprir apenas a lei. Já Valdano Furtado esclareceu que tendo em conta um contencioso judicial que reduziu o salário de muitos funcionários, e cujo processo está a demorar, levaram a mesma para esse órgão deliberativo para que possam pagar um “salário justo” aos lesados, referindo-se ao salário mínimo nacional.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project