Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Lourenço dos Órgãos: Candidatos insistem em contatos porta-a-porta para apresentar plataforma eleitoral 11 Outubro 2021

Apoiantes das várias candidaturas às eleições presidenciais, que acontecem no próximo 17 de outubro no país e na diáspora, insistiram, no último fim-de-semana, nas campanhas porta-a-porta em São Lourenço dos Órgãos (Carlos Veiga e José Maria Neves). Três outros (Gilson Silva, Fernando Delgado e Joaquim Monteiro) preferiram recentrar ações nos bairros da cidade da Praia.

São Lourenço dos Órgãos: Candidatos insistem em contatos porta-a-porta para apresentar plataforma eleitoral

Apoiantes de Carlos Veiga visitam várias localidades

Com o objetivo de promover a candidatura e de fazer convencer o eleitorado, os apoiantes do candidato a presidente da república, Carlos Veiga, estiveram de visita, neste domingo, às localidades de Livada e Achada Costa, para contactos porta-a-porta, apresentar a sua plataforma eleitoral e fazer convencer as pessoas a exercerem o direito de voto, no dia 17 deste mês.

“Aproveitámos também a ocasião para auscultar as famílias e conhecer as principais dificuldades que enfrentam no concelho, nomeadamente desemprego juvenil, falta de formação profissional, falta de habitação própria e baixo nível de rendimento para o sustento das famílias. Aliás, se vencermos as eleições, vamos influenciar o governo para a criação de políticas públicas voltadas para as famílias vulneráveis, no sentido de criarem atividades geradoras de rendimento”, adiantou o mandatário, Carlos Vasconcelos, acrescentando que as suas mensagens têm passado satisfatoriamente e mostra-se confiante na vitória.

Além da distribuição de materiais de propaganda às pessoas (camisolas, T-Shirts, autocolantes e panfletos), a representação de Carlos Veiga, realizou uma passeata por várias artérias e ruas de São Lourenço dos Órgãos, pedindo que as pessoas votem no candidato Veiga.

José Maria Neves ataca zonas altas e realiza torneio com jovens

Zonas altas de São Lourenço dos Órgãos (Boca Larga, Fundura e Montanha) foram, na manhã deste domingo, alvos de campanha porta-a-porta pela comitiva do candidato a Presidente da República, José Maria Neves.

De acordo com o mandatário Euclides Cabral, as pessoas têm sido acolhedoras e as mensagens foram transmitidas sem quaisquer sobressaltos. “Temos registado uma boa “recetividade por parte das pessoas e a nossa sensação é de esperança para a vitória. Confiamos nos laurentinos e esperamos que dêem um voto de confiança no JMN. Aliás, a nossa expetativa é que o povo de São Lourenço dos Órgãos vote expressivamente na nossa candidatura, para que possamos fazer uma magistratura de influência ao lado do governo, no sentido de defender os interesses e demandas das populações de toda a região norte de Santiago”, antevê.

No período da tarde, a representação da candidatura desse ex-Primeiro- ministro de Cabo Verde organizou um torneio de futebol entre os jovens de SLO, como forma de incentivá-los e mobilizá-los para expressarem o seu sentido de voto a favor do candidato.

Outras preocupações registadas em São Lourenço dos Órgãos, pela equipa representante de JMN, dizem respeito ao ano agrícola, que está “praticamente” sem produção, o desemprego juvenil e a falta de atividades geradoras de rendimento para as famílias. “Muitas pessoas vivem ainda na pobreza, sem esperança e queixam-se muito do aumento de preços da energia e água. Por isso, vamos vencer as eleições e lutar para eliminar a pobreza na região e no país, em geral”, anuncia.

Fernando Delgado visita bairro de Tira-Chapéu

Neste seu segundo dia de campanha eleitoral na ilha de Santiago, o candidato às presidenciais, Fernando Delgado e sua comitiva estiveram, este domingo, no bairro de Tira-Chapéu para contatos diretos com os moradores para apresentação dos seus programas e plataformas eleitorais.

Distribuição de T-Shirts, panfletos, e outros materiais de campanha constituíram um ponto “forte” na sensibilização das pessoas, segundo o mandatário Adilson Oliveira. “Nós percorremos toda a zona de Tira-chapéu e temos notado que as pessoas vivem em situação de grande vulnerabilidade. As pessoas estão descontentes com o Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, porque acham que este chefe do governo não deverá acompanhar o candidato Carlos Veiga, apoiado pelo MpD. É um comportamento vergonhoso e deixa as pessoas perplexas e indignadas, mas infelizmente, é este o país que temos. Aqui no país não existem autoridades nem entidades que tomem medidas sobre estas asneiradas”, critica.

Em declarações ao Asemanaonline Adilson Oliveira revelou que esta candidatura tem analisado o ciclo político em Cabo Verde e constatado que os jovens estão um pouco “desencantados “ com atual política do governo. “A nossa candidatura é no sentido de mostrar ao país ideias novas para dar oportunidade aos jovens, sobretudo às famílias mais vulneráveis, fundamentou.

Gilson Alves prepara agenda para esta segunda-feira

Contactado o mandatário do candidato a presidente da república, Gilson Alves, este diário digital apurou que devido ao debate que aconteceu este domingo na Rádio e Televisão de Cabo Verde (RTC), Edmilson Aguiar afirmou que esteve durante o dia a preparar para responder as questões que foram expostas ao longo do debate.
Entretanto, garantiu que vai reprogramar e planificar as suas atividades de campanha para a ilha de Santiago e que serão anunciadas e encaminhadas ao Asemanaonline esta segunda-feira.

Joaquim Monteiro em porta-a-porta nos bairros da Praia

Depois de percorrer as ilhas de barlavento, o candidato às presidenciais de 2021, Joaquim Monteiro decidiu viajar para a Praia, com o objetivo de fazer contatos diretos com as pessoas.

Sem precisar os nomes, a mandatária Maria Conceição garantiu ao Asemanonline que o candidato esteve em alguns bairros da Capital do país, para apresentar a sua plataforma eleitoral e objetivos da sua candidatura.

Com poucos recursos materiais e financeiros, o candidato independente não pretende realizar comícios, conforme a mandatária. A atividades do candidato tem-se resumido a contatos porta-a-porta com o eleitorado.

Joaquim Monteiro acredita que depois das presidenciais do próximo domingo, muita coisa vai mudar no panorama político cabo-verdiano. Vai ser algo inédito para o país e vai-nos trazer um Cabo Verde do futuro”, afirma.

Representantes das candidaturas Hélio Casimiro de Pina incontactável

Neste domingo, não foi possível este jornal entrar em contato com as candidaturas de Hélio Saches e Casimiro de Pina, apesar de várias tentativas neste sentido.
Celso Lobo/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project