SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Lourenço dos órgãos celebra seu padroeiro com mensagem de solidariedade e esperança no fim da pandemia 11 Agosto 2020

O município de São Lourenço dos Órgãos celebrou nesta segunda-feira, 10, a festa do seu patrono, com a eucaristia presidida pelo padre da paróquia de Santo Amaro Abade, José Cabral, que deixou a mensagem de solidariedade e sacrifício.

São Lourenço dos órgãos celebra seu padroeiro com mensagem de solidariedade e esperança no fim da pandemia

Segundo a Inforpress, em declarações momentos antes da celebração, o padre José Cabral explicou que a festa de São Lourenço tem muitos devotos da caridade, do serviço e da fidelidade.

“São Lourenço é um mártir, aquele que dá a vida para Jesus Cristo. Ele morreu entre os anos 257 e 258 e na tradição cristã temos uma frase célebre, que acreditamos verdadeiramente, que é: sangue de cristãos e de mártires é semente de novos cristãos”, demonstrou.

Neste sentido, assegurou que depois do martírio de São Lourenço se apercebeu da vida que se brotou disso.

“É por isso que logo nos primeiros tempos foi dedicado a ele uma basílica e nos próximos tempos também ele recebeu muita peregrinação de pessoas que se deslocam para aquele lugar, que é uma das igrejas no início da cristandade, que era mais visitada, depois de São Pedro e São Paulo, em Roma”, mostrou.

No seu entender, o testemunho de São Lourenço e a celebração de hoje deve fazer as pessoas voltarem para a dimensão da caridade, fidelidade, amor à igreja, mas também do sacrifício, dando a vida por Jesus Cristo, escreve Inforpress.

Contudo, avança a fonte, asseverou que a celebração deste ano acontece num contexto marcado pela pandemia da covid-19, mas que torna cada vez mais importante a celebração da fé, louvando a Deus, tendo em conta que o cenário actual fez as pessoas redescobrirem o véu da caridade, “que estava tão adormecido num mundo materialista”.

“Nós reparamos de facto como se desencadeou ondas de solidariedade no seio da sociedade cabo-verdiana durante este tempo de pandemia”, admitiu.

Segundo a mesma fonte, José Cabral apelou à população para continuar a desvendar o véu da caridade e sensibilidade para aqueles que precisam, transmitindo a esperança no fim da pandemia da covid-19 e desejando mais bênçãos de chuvas.

Inforpress explica que, os fiéis, que este ano participaram na celebração da missa em número reduzido, para evitar a transmissão e propagação do novo coronavírus, passaram, também, a mensagem de união, celebração da fé, pedindo a Deus que derrame chuvas e que termine com a pandemia da covid-19, “para a felicidade de todos”.

Catarina Lopes, moradora de João Teves, disse que todos os anos participa na celebração da missa de São Lourenço dos Órgãos, para renovar a sua fé e promessa, refere a notícia avançada pela Inforpress.

“Hoje vim celebrar a sua missa para que eu possa voltar para a casa com mais luz”, declarou, pedindo a São Lourenço para ajudar o mundo a libertar-se da pandemia da covid-19.

Inforpress adianta que, este é, também, o desejo de António Nascimento, que afiançou que a celebração do seu padroeiro é motivo de alegria e emoção, por se tratar de um santo em que ele tem “grande devoção”.

A fazer fé na mesma fonte, a celebração da missa de São Lourenço este ano aconteceu com um número reduzido de fiéis, mediante todas as medidas de prevenção da covid-19, nomeadamente distanciamento físico, uso de máscaras, lavagem e desinfecção das mãos com álcool gel à entrada da igreja.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project