CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Miguel: Câmara define como prioridade disponibilizar 90 litros de água por pessoa/dia até final do mandato 30 Mar�o 2022

O presidente da Câmara Municipal de São Miguel, Herménio Fernandes, elegeu hoje como “prioridade máxima” da sua equipa camarária disponibilizar 90 litros de água por pessoa/dia até final do mandato.

São Miguel: Câmara define como prioridade disponibilizar 90 litros de água por pessoa/dia até final do mandato

Herménio Fernandes manifestou este desiderato durante a inauguração da rede de água e ligação domiciliária nas localidades de Espinho Branco e Mato Correia, a que presidiu, lembrando que actualmente o município que dirige disponibiliza uma média diária de 70 litros de água por pessoa.

Com seis quilómetros (km) de condutas, num investimento de 12 mil contos, o referido projecto foi concretizado, através da parceria entre a Câmara Municipal de São Miguel, empresa intermunicipal Águas de Santiago (AdS) e Associação Cabo-verdiana de Amiens (CVMA).

“(…) São Miguel é neste momento o município de Santiago Norte que tem maior disponibilidade de água por pessoa por dia, 70 litros, mas, não estamos satisfeitos. Queremos terminar o nosso mandato com 90 litros de água por dia por pessoa e com água de boa qualidade”, vaticinou o autarca.

É que, segundo ele, o compromisso da sua equipa é garantir água a todas as famílias até o final deste mandato (2020-2024), daí, lembrou, que estabeleceram o acesso à água como “prioridade máxima” e estão a trabalhar para alcançar tal desiderato.

Relativamente à rede de água e ligação domiciliária nas localidades de Espinho Branco e Mato Correia, o autarca, que considerou hoje “um dia grande” para estes dois povoados e para São Miguel, lembrou que o projecto, ora inaugurado, vai beneficiar cerca de 200 famílias.

Para ele a chegada de água vai aumentar a qualidade de vida e a autoestima das famílias beneficiadas, que a partir de hoje passam a ter água dessalinizada de qualidade e em quantidade na rede, e que ainda vão deixar de “percorrer quilómetros e mais quilómetros” para ter esse líquido.

Outrossim, disse que as famílias, sobretudo, as mulheres vão passar a ter mais tempo para se dedicarem à educação dos seus filhos, à sua saúde, e permitir que estas desenvolvam pequenos negócios, tendo em conta que a água deixa de ser “preocupação” da população.

Na ocasião, anunciou que brevemente vão levar água para localidades de Flamengos e Ribeira de São Miguel, e construir casas de banho às famílias em todo o município.

Maria Sábado Lopes, uma das beneficiárias, que outrora percorria longas distâncias e de madrugada para poder conseguir este líquido, mostrou-se contente com a chegada de água às torneiras da sua casa.

É que, segundo ela, a partir de hoje vai passar a ter mais tempo para outros afazeres, tendo pedido trabalho para poder pagar a factura de água no final de cada mês.

Assim como a dona de casa Maria Sábado Lopes, outros moradores beneficiados mostraram-se contentes e já perspectivam mudança na qualidade de vida. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project