AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Salvador do Mundo: Plataforma do candidato do MpD aposta no relançamento da economia do concelho 22 Outubro 2020

A candidatura dos ventoinhas (MPD), liderada pelo edil cessante às eleições autárquicas de 25 de outubro no concelho de São Salvador do Mundo, Ângelo do Carmo Vaz, apresenta a sua plataforma eleitoral com grande foco em projectos no domínio de desencravamento das localidades, na coesão social e no relançamento da economia local.

São Salvador do Mundo: Plataforma do candidato do MpD aposta no relançamento da economia do concelho

Com o lema “Juntos para fazer ainda mais por São Salvador do Mundo”, a plataforma eleitoral da candidatura do Movimento para Democracia (MPD) assenta várias propostas, ligadas a diferentes sectores, que vão desde o saneamento do meio, passando pela coesão social e saúde e até à habitação social e o relançamento do desenvolvimento local.

O candidato Ângelo Vaz diz que os pilares do seu partido e da sua equipa não são apenas pilares, e que não se resumem a projectos. O mesmo garante que são objectivos perene e uma orientação para o desenvolvimento sustentável do município. Garante que o programa da sua candidatura é um programa onde todos cabem e da qual todos fazem parte, assim contribuindo um São Salvador do Mundo mais próspero e inclusivo.

A coesão social é uma prioridade estratégica dessa candidatura, visto que segundo o mesmo, o objectivo pragmático é continuar a implementar um conjunto de políticas ativas no sentido de melhorar a qualidade de vida das pessoas, através de continuidade e alargamento do rendimento solidário e de inclusão, actividades geradoras de rendimento, bem como apoios contínuos com medicamentos, assistência médica e medicamentosa aos mais necessitados.

Segundo o documento, as políticas de coesão incluem coesão ações destinadas a apoiar os grupos mais fragilizado da população e, entre estes, os idosos, as crianças e os jovens em risco de exclusão, as pessoas com necessidades especiais. De acordo com o candidato, foram fortes investimentos feitos no sector habitacional “Por isso, a aposta na renovação na dignificação da habitação social será continuada no próximo mandato, com particular atenção ao conforto e as necessidades da população mais adulta”.

Dinamizar a economia local e desta forma permitir a criação de emprego do município, é uma outra aposta da candidatura do Movimento para Democracia (MPD), tratando-se de uma prioridade para os próximos anos para que os recursos endógenos locais possam ser aproveitados de forma estrutural e sustentável. De acordo com o candidato, isso vai ser feito por via das políticas de atração de investimento directo, com forte aposta no desencravamento das localidades com potenciais para a produção hortofrutícola e turismo rural, promoção e incentivo ao empreendedorismo.

Na mesma linha, o candidato do MPD à sua própria sucessão à Câmara Municipal de São Salvador do Mundo, pretende mobilizar mais água para a prática da agricultura, formar e incentivar os produtores agrícola a se organizarem e adotarem uma prática de agricultura inteligente, reforçar a plantação de árvores fruteiras e plantas hortícolas e apoios com sistema de irrigação gota-a-gota.

No sector de saneamento e urbanização, os ventoinhas prometem reforçar o abastecimento de água potável em todas as comunidades do município, requalificar a cidade histórica de Achada Igreja, dotar as comunidades de um sistema de recolha de resíduos eficiente, tornando-as cada vez mais saudável e atrativa, requalificação urbana e ambiental de mais comunidades, aumentar o número de parque infantis, reforçando o rácio de equipamentos para crianças, e aumentar a resiliência das encostas, refere a plataforma eleitoral do candidato do MpD à Câmara de São Salvador do Mundo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project