AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Salvador do mundo: “A nossa candidatura ultrapassa limites” - João Alberto canidato do PAICV 22 Outubro 2020

Com os dias contados para o fim da campanha eleitoral, o candidato do Partido Africano para Indipendência de Cabo Verde (PAICV), João Alberto de Barros, garantiu, esta quarta-feira, que a sua candidatura ultrapassa limites, estando acima das vontades alheias, partidos políticos ou mesmo moda. O mesmo diz que a sua equipa definiu eixos estratégicos como pilares fundamentais para a sua Governação.

São Salvador do mundo: “A nossa candidatura ultrapassa limites” - João Alberto canidato do PAICV

Pilares que abarcam todas as áreas de intervenção, realça o candidato, apontando o enfoque na juventude, com repercurção e impactos na qualidade de vida, sobretudo na criação e dinamização de oportunidades para a juventude do município de São Salvador do Mundo.

O desenvolvimento socio económico, também está na base desse projeto concebido através de subsídios obtidos nas auscultações das pessoas nas suas comunidades durante os contactos de porta-a-porta, uma vez que, de acordo com o candidato do PAICV, elas são partes integrantes desse processo.

A descentralização, a emigração, e cooperação descentralizada, estará patente, visto que, de acordo com João Alberto, dado que são poucos para transformar São Salvador do Mundo, de modo que estabelecer parcerias é fundamental para a criação de um município moderno e dinâmico.

No que tange à educação, no Carvalho, diz que esse sector está na base do seu projeto, para que possam ter um município de gentes educadas, inteligentes, conhecedoras e valorizadas.

Em suma, a infraestruturação de qualidade, na visão de João Carvalho, dará vasão às demandas em consequência de uma fraca qualidade das infraestruturas, em que “desastrosamente e sem respeito o município foi imposto nos últimos quatro anos.

O candidato apela aos munícipes para darem um “basta” e votarem num candidato preocupado em defender os problemas do município e não dos entes queridos.

“Queremos que a população diga basta de ser tratado como estranho no próprio município, basta de transformar a Câmara Municipal numa instituição de parentesco”, referiu o candidato João Carvalho Ramos à Càmara de Sáo Salvador do Mundo nas eleiçoes autárquicas de 25 deste mès.

Maria Cardoso/Redaçáo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project