LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Tomé: Crise no governo leva à demissão do ministro das Finanças 24 Setembro 2021

Osvaldo Vaz deixa o governo no momento em que o executivo de Jorge Bom Jesus tem no Parlamento a proposta de reajuste salarial que — contra a resistência da oposição e de sucessivas greves de vários sindicatos de trabalhadores — o governo prometeu fazer aprovar ainda este ano.

São Tomé: Crise no governo leva à demissão do ministro das Finanças

O ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul de São Tomé e Príncipe, Osvaldo Vaz, é um dos vice-presidentes do MLSTP-PSD, Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe-Partido Social Democrata, que lidera a "nova maioria" integrada pela coligação PCD-MDFM-UDD, no poder em São Tomé e Príncipe desde dezembro de 2018.

Em 11 de setembro, o chefe do Governo são-tomense anunciou a "remodelação governamental" após a tomada de posse presidencial, em 02 de outubro. O próximo presidente da República São-Tomense, Carlos Vila Nova, foi eleito em 5 deste mês.

A justificação para a remodelação governamental a apenas treze meses das legislativas de 2022 é feita nos seguintes termos: "Eu tenho que tirar ilações dos resultados. Precisamos de imprimir uma nova dinâmica na governação, ajustá-la para esta reta final, com maior dinamismo", disse Jorge Bom Jesus, em entrevista à agência Lusa.

Fontes: Tela Non/Lusa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project