LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Tomé e Príncipe: Especialistas Forenses recebem formação conjunta da Polícia Judiciária de Cabo Verde e de Portugal 12 Novembro 2020

Aconteceu, esta quinta-feira, 12, nas instalações da Polícia Judiciária (PJ) da República Democrática de São Tomé e Príncipe, a cerimónia de inauguração do laboratório da PJ, no âmbito do Projeto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito nos PALOP e Timor-Leste (PACED), financiado pela União Europeia e cofinanciado e gerido pelo Camões I.P. A cerimónia, que contou com a presença da Ministra da Justiça, Administração Pública e Direitos Humanos de São Tomé e Príncipe, Ivete Santos Lima Correia, que assinalou o término da ação de formação conjunta da PJ de Cabo Verde e de Portugal, com a entrega de certificados a oito especialistas forenses (dois dos quais da Região Autónoma do Príncipe) do laboratório de polícia santomense.

São Tomé e Príncipe: Especialistas Forenses recebem formação conjunta da Polícia Judiciária de Cabo Verde e de Portugal

A formação conjunta, ministrada presencialmente por um Técnico de Lofoscopia da PJ de Cabo Verde e por um Especialista de Laboratório da PJ de Portugal visa assegurar a conclusão da formação iniciada à distância, instalar a nova cabine de lofoscopia (para análise de impressões digitais) e, de igual modo, responder a uma solicitação das autoridades santomenses para colaboração na criação de bases de dados biométricas, essenciais para um futuro sistema automatizado de identificação de impressões digitais, conforme um comunicado enviado ao asemanaonline.

Refira-se que o PACED tem como objetivos a afirmação e consolidação do Estado de Direito nos PALOP e em Timor Leste, assim como a prevenção e luta contra a corrupção, o branqueamento de capitais e a criminalidade organizada, em particular, o tráfico de estupefacientes. A sua intervenção centra-se em ações destinadas a capacitar institucionalmente as autoridades competentes ao nível legislativo, executivo e judiciário, promovendo o intercâmbio e partilha de conhecimento e de boas práticas. Com a duração até final de Dezembro de 2020, o PACED tem um orçamento global de 8,4 milhões de euros (sete milhões financiados pela União Europeia ao abrigo do 10.º Fundo Europeu de Desenvolvimento e 1,4 milhões de euros pelo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I. P.), dos quais 8,05 milhões de euros administrados diretamente pelo Camões, I.P.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project