INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Tomé e Príncipe indexa moeda ao euro 03 Agosto 2009

O governo de São Tomé e Príncipe assinou com Portugal o acordo de ancoragem da sua moeda nacional ao euro. Depois de Cabo Verde, São Tomé é agora o segundo país africano de língua portuguesa a celebrar este tipo de acordo.

São Tomé e Príncipe indexa moeda ao euro

O escudo cabo-verdiano foi indexado ao escudo português a 1 de Abril de 1998 e, consequentemente, ao euro assim que Portugal integrou a moeda única. E outros países europeus, como a França, seguiram o exemplo de Portugal ao também tornarem prática a indexação do escudo ao euro.

O primeiro-ministro são-tomense, Rafael Branco, considerou o contrato uma peça fundamental para as estratégias do país. "É um instrumento de estabilidade, de previsibilidade, de garantia, de diminuição dos riscos para todos quantos queiram investir no nosso país", declarou.

A parceria, criada para reforçar a estabilidade económica daquela nação africana, foi assinada pelo ministro de Estado e das Finanças de Portugal, Fernando Teixeira dos Santos, e pela ministra do Plano e das Finanças de São Tomé e Príncipe, Ângela Viegas Santiago.

Para o ministro português, o acordo é a "estaca que permitirá a São Tomé fazer com que a sua economia cresça direita e resista às intempéries". Mas a ministra são-tomense faz questão de esclarecer logo, que o contrato "não é uma panaceia". "Não é uma varinha mágica para resolver todos os problemas da nossa economia, mas é um instrumento de grande importância que o governo pretende utilizar na criação de condições para o desenvolvimento", informou a ministra. As informações são da Lusa.

RB

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project