CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: AM delibera por unanimidade elevação de Salamansa, Calhau e São Pedro à categoria de vila 16 Mar�o 2018

A Assembleia Municipal de São Vicente deliberou na tarde hoje,15, por unanimidade, a elevação das povoações da Salamansa, São Pedro e Calhau à categoria de vila, cabendo à Câmara Municipal remeter a proposta de resolução ao Governo para decisão final.

São Vicente: AM delibera por unanimidade  elevação  de  Salamansa, Calhau e São Pedro à categoria de vila

Relativamente à Salamansa, a iniciativa partiu, segundo a Inforpress, do grupo político do PAICV na AM, tendo sido apresentada pela eleita Elisabeth Santos, sendo que em relação a São Pedro e Calhau a proposta partiu da bancada do MpD, cabendo a Emanuel Miranda apresentá-la no plenário.

As duas propostas foram votadas por todos os 21 eleitos municipais, abrindo a acção de hoje caminho para que São Vicente ganhe três vilas de uma assentada.

Segundo a mesma fonte, Zona piscatória, Salamansa tem perto de 1200 habitantes, estrutura de saúde, escola, posto de polícia, potencial turístico e marítimo, sector terciário de comércio e serviços ascendente e vários estabelecimentos comerciais.

Estes mesmos argumentos que o PAICV utilizou, são válidos para Calhau e São Pedro, com mil e 1500 habitantes, respectivamente, segundo reconheceu Emanuel Miranda, do MpD.

Ainda nesta tarde, e mediante proposta da câmara municipal, a AM deliberou reduzir de 1200 para 600 escudos mensais a taxa de recolha de resíduos sólidos, igualmente votada por unanimidade.

A autarquia argumentou que esta redução do valor que designadamente casas de pasto, bares, lanchonetes e papelarias pagam mensalmente, desde 2013 até agora é elevado.

A meio do dia a AM apreciou as actividades municipais entre sessões e o relatório escrito das actividades de 2017, conclui a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project