DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente/Andebol: Associação de andebol da ilha quer que a nova época desportiva arranque da melhor forma 15 Agosto 2021

Com altos e baixos durante a pandemia, as modalidades em São Vicente, em particular o andebol, têm passado pelos mesmos problemas, principalmente no que se refere em manter a forma nestes novos tempos. Conforme o presidente da agremiação, a federação tem reunido para a retoma da época desportiva 2021/2022, com atividades que inclui somente dirigentes e atletas vacinados e que o arranque da nova época está prevista para 1 de outubro.

São Vicente/Andebol: Associação de andebol da ilha quer que a nova época desportiva arranque da melhor forma

O Asemana contactou o presidente da Associação de Andebol de São Vicente, Luís Fortes, para saber sobre os meandros do arranque da época e o mesmo avançou que, a retoma esta prevista para acontecer a 1 de outubro próximo com exigências para a segurança de todos.

“Já foi feito um encontro com a Federação Caboverdiana de Andebol, e já temos algumas orientações no sentido de se fazer um programa de atividades para a época desportiva 2021/2022”, avança este responsável adiantando que, até o dia 30 de agosto cada associação terá que apresentar um programa de ação.

Com esta pandemia, observou, os clubes já não treinam como dante se que até alguns estão totalmente parados, mas, entretanto, há atletas que mantêm os seus treinos individuais para prepararem para tempos melhores.

A retoma das atividades, assegura, com certeza vai depender da vacinação com destaque para o certificado.

“Para os atletas participarem nas competições é preciso estarem munidos do certificado, o que incentivam os atletas a tomarem a vacina e conseguirem participar nas competições e isso é uma regra a ser cumprido”, explica Fortes.

O mesmo assegura que, os atletas estão a ser vacinados dentro do programa geral, tendo em conta que já há abertura para vacinação e que em relação a resistência a vacina, este “vai diluindo, tendo em conta que há limitações de frequência de recintos desportivos sem certificado de vacinação”.

A recusa da vacina, inclui automaticamente a exclusão de atletas das competições, visto ser uma das primeiras condições para inscrições de jogadores e participação nas competições regionais e nacionais.

A mesma fonte adiantou que, a federação tem em vista uma formação, ministrada por um treinador português, para treinadores para iniciantes de andebol prevista para começar a 25 de agosto em São Vicente e em Santo Antão e que só os vacinados podem participar, tendo em conta que há uma parte pratica que exige algum contacto.

O início da época desportiva marcada para outubro, inclui torneio de abertura, comemoração de alguma data ate dezembro com atividades desportivas e de seguida a competição propriamente dita, conforme Luís Fortes.

AC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project