Noticias

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: Forte ventania deixa actividades do Kavala Fresk Feastival em “stand by” 15 Julho 2018

As actividades náuticas previstas para acontecer, este sábado, no Mindelo, no âmbito de Kavala Fresk Feastival estão por ora suspensas, conforme informações avançadas pela organização, devido à forte ventania que se faz sentir em São Vicente.

São Vicente: Forte ventania deixa actividades do Kavala Fresk Feastival em “stand by”

As fortes rajadas de vento que se fazem sentir, desde sexta-feira na ilha de São Vicente, estão a causar alguns “contratempos”, com um estado de tempo que obrigou, de acordo com informações avançadas à Inforpress pela organização do festival, a fazer alguns replaneamentos.

“Estamos dando atenção a algumas actividades náuticas que por razões de segurança podem ser suspensas ou canceladas”, explicou Kisó Oliveira, da Mariventos, que adianta estarem a aguardar uma vez que “com a natureza não se pode fazer nada”.

Entretanto, segundo a mesma fonte, tentam planear para ver se as mesmas vão ser realizadas, “mas com algumas adaptações”. “Até porque estamos esperançosos, tal como dizem as previsões, que mais tarde o vento possa acalmar”, avançou.

Também no Kavala Mob, no momento de arranque, a organização lançou mão a “adaptações e improvisos”, na medida em que, como previsto no início, essa performance de rua seria orientada pela Escola de Dança Noelisa Santos. Mas isto não aconteceu e Kisó Oliveira também não soube explicar os motivos.

“Nós vamos apurar e depois respondemos sobre isso”, retrucou.

No entanto, reconheceu que essa ausência passou um tanto ou quanto despercebida com a “ajuda” dada pela população, que se envolveu nesse momento e fez engrossar um grupo ao longo do percurso, desde do Mercado de Peixe até o Karnavala, espaço instalado na Avenida Marginal e explorado pelos grupos de Carnaval da ilha.

Estava assim dado o arranque, por volta das 12: 10, dessa VI edição do Kavala Fresk Feastival, mais uma que o festivaleiro Fernando Rocha não perde “por nada nesse mundo”.

“Eu gosto muito do ambiente desse festival e também é bom para a ilha, porque movimenta a economia e atrai muito visitantes”, afirmou este festivaleiro mindelense que promete ficar “até o fim da festa”.

Fernanda Évora, emigrante e outro festivaleiro “habitué”, também se mostra outra “persistente” para acompanhar as actividades até o final, até porque considera “tudo muito bonito e organizado”. Esta emigrante afirmar ter começado a sua diversão por provar uma cavala grelhada.

Apenas uma forma de degustar a rainha do evento e, que segundo a organização, encontra-se “em grande quantidade e ao alcance de todos os bolsos e gostos”.

“Muita cavala para quem estiver com disposição para se divertir até por volta das 2:00 da madrugada”, declarou Kisó Oliveira, que espera ultrapassar as 41 mil pessoas que passaram pela Avenida Marginal, na edição do ano passado.

Entre os muitos atractivos, o Kavala Fresk Festival disponibiliza, ao longo da tarde e noite de hoje, aos sanvicentinos e visitantes, desfiles de moda, Kavala &Muska com The Legend, Mamadou Sulabanko, Débora Paris e Jorge Sousa e Kavala Party, e actuação de DJ´s, como ponto final. Fonte: Infopress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project