POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: JpD reclama papel activo para juventude na concepção do Orçamento do Estado 22 Outubro 2022

O presidente da Juventude para a Democracia (JpD) quer que a juventude tenha papel mais activo desde a fase de elaboração do Orçamento do Estado (OE) para dar contributos ao documento e ter mais impactos.

São Vicente: JpD reclama papel activo para juventude na concepção do Orçamento do Estado

Vander Gomes, que falava em conferência de imprensa, no Mindelo, acredita que o actual OE para 2023 reserva “atenção particular e de destaque” à camada juvenil com medidas que irão “impactar positivamente”, entre os quais, exemplificou, a atribuição de 1200 bolsas para o ensino superior, o co-financiamento e incentivo ao estágio profissional no montante de 565 mil contos, bonificação dos juros de crédito em cerca de 200 mil contos e outros.

Contudo, conforme a mesma fonte, é preciso mais e permitir que a juventude tenha “papel mais activo” e contribua para que o orçamento seja “cada vez mais consensual, aberto e participativo”.

Por outro lado, Vander Gomes pediu que a ‘socialização’ do documento seja feita mais cedo com as várias forças vivas da sociedade.

“Entendemos o esforço do Governo em dar uma resposta cabal às necessidades e reivindicações da juventude, mas acreditamos que ainda há outras reivindicações que podem constar dos próximos orçamentos”, considerou o presidente da juventude do Movimento para a Democracia (MpD, poder).

Vander Gomes disse ser nesta senda que a JpD realizará três encontros de esclarecimentos tendo por tema “Orçamento Geral do Estado para 2023 – As oportunidades para a juventude”, que devem acontecer no concelho de Santa Cruz (Santiago) a 28 de Outubro, São Vicente a 18 de Novembro e Cidade da Praia a 25 de Novembro.

Os subsídios colhidos destes encontros, poderão, segundo a mesma fonte, ser incorporados ainda no OE, porque, o documento já deu entrada no parlamento mas ainda não foi discutido.

“Até o debate na especialidade, certamente, poderemos ter espaço para fazer uma ou outra melhoria, uma ou outra reivindicação”, afiançou, adiantando que no orçamento anterior houve cedências do Governo na discussão das especialidades com base em entendimentos com a oposição.

Questionado ainda sobre a necessidade de a juventude estar preparada para exercer esse papel activo, Vander Gomes assegurou que a JpD tem apostado na formação cívica e política da camada e que poderá ser efectivada com a criação da Academia JpD.

O também deputado nacional assegurou, por outro lado, que vai levar ao debate parlamentar do OE algumas propostas ao Governo como de reduzir os encargos dos jovens para o acesso aos concursos públicos, tendo em conta que “as receitas arrecadadas são irrisórias e para o jovem pode constituir um factor inibidor à sua participação”.

Vender Gomes mencionou ainda uma outra proposta incentivando o executivo a reforçar os incentivos às escolas de iniciação desportiva. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project