SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente/Óbito: Empresária e assessora de comunicação Samira Pereira morre vítima de covid-19 23 Agosto 2021

A empresária, produtora e assessora de comunicação Samira Pereira, faleceu, na noite deste sábado,21, no Hospital Baptista de Sousa, no Mindelo, vítima de complicações da covid-19.(ver peça neste jornal).

São Vicente/Óbito: Empresária e assessora de comunicação Samira Pereira morre vítima de covid-19

Samira Pereira, rosto muito conhecido no meio da comunicação social e da cultura em São Vicente, foi diagnosticada, segunbdo a Inforpress, com covid-19 há cerca de dez dias, quando trabalhava nas actividades para inauguração do estúdio flutuante Mansa Floating Music, que aconteceu no último sábado, 15.

A proprietária da empresa O2, foi assessora de algumas personalidades públicas nos últimos anos, na cidade da Praia, e nos últimos tempos residia em São Vicente, onde sempre estava à frente dos serviços de comunicação dos principais eventos culturais da ilha.

Segundo a mesma fonte, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, foi uma das várias pessoas que reagiram à morte de Samira Pereira nas redes sociais, que estão inundadas de comentários sobre a sua pessoa e sobre a sua morte tão repentina e, principalmente por causa desta “maldita doença”.

Num post no Facebook o governante lamentou a partida desta assessora com quem trabalhou várias vezes.

“Dói muito Samira Pereira tão longos foram os dias, Lisboa, Praia, Mindelo, todas as ilhas, tantos sonhos e tantas partilhas, aprendemos juntos na militância pela arte e pela cultura. Hoje partes sem muitas palavras, sem nenhum cerimonial, sem nenhum texto escrito pelo teu punho onde nos descreverias com minúcia literária os teus dias de luta contra esta doença maldita”, sustentou Abraão Vicente.

O ministro da Cultura adiantou que tinha esperança de receber um texto de Samira, dizendo que venceu a covid-19, mas agora vai cuidar de tudo aquilo que a comunicadora deixou “em silêncio”.

Samira Pereira trabalhou, em São Vicente, à frente dos serviços de comunicação de eventos como o Carnaval, Kavala Fresk Feastival, Festival Baía das Gatas e vários outros.

Como activista também liderou o grupo “Ponto de Fuga”, que organizou uma manifestação contra o centralismo político, administrativo e económico na cidade da Praia por altura do último Governo do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

Ela deixa um filho menor.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project