ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: Organização local da regata Ocean Race com “trabalho a bom ritmo” a um mês da chegada dos veleiros 20 Dezembro 2022

Os trabalhos de montagem do Parque Ocean Race, que daqui a um mês vai acolher diversas actividades enquadradas na prova, decorrem “em bom ritmo”, declarou o responsável pela Coordenação Logística, Ivan Santos.

São Vicente: Organização local da regata Ocean Race com “trabalho a bom ritmo” a um mês da chegada dos veleiros

Este membro da organização acompanhou a imprensa, na manhã de hoje, numa visita guiada ao parque onde se procede aos trabalhos de montagem da área de eventos e outras estruturas de acolhimento de visitantes e participantes, que se localiza no parque de contentores de frio da Enapor, no prolongamento do cais três.

A área vai acolher um pavilhão dedicado a mostra de projectos e trabalhos no âmbito da sustentabilidade, com participação de Organizações Não Governamentais (ONG) locais e outros que virão do exterior, uma feira de ciências, coordenada pela Universidade Técnica do Atlântico (UTA), media center, palco para actuação de bandas e artistas nacionais e estrangeiros, zona de alimentação, com quatro restaurante, e feira de artesanato.

A entrada do público, gratuito, será feita do lado norte, que dá para a Laginha, as portas abrem-se no dia 20 de Janeiro de 2023 e encerram cinco dias depois, e a expectativa da organização aponta para uma média de três a cinco mil pessoas diariamente.

Ivan Santos informou que a segunda fase de montagem das infra-estruturas vai ocorrer na primeira semana de Janeiro de 2023, quando se der início à montagem dos pontões no cais três para atracação dos dez veleiros confirmados, e outras estruturas de apoio.

A passagem do Ocean Race 2023 por Cabo Verde, segundo números divulgados pela organização, implica um investimento de 800 mil dólares, financiados pelo Bano Mundial, e mais 1,4 milhões de escudos da parte cabo-verdiana, este montante destinado à inscrição do País na regata e outros compromissos com a organização.

Questionado sobre a possível interferência do cheiro nauseabundo que emana do Porto Grande, oriundo de uma fábrica de transformação de pescado ali instalado, junto de participantes e visitantes, Ivan Santos disse que esta questão “preocupa a organização”, mas que a própria Enapor já desencadeou contactos com a empresa a ver se há forma de amenizar a situação por ocasião da passagem da regata.

Até porque, acrescentou, mais do que uma prova de mar, a regata Ocean Race é um evento que “carrega a protecção dos oceanos” e com “tudo pensado de forma sustentável”.

Neste sentido, informou que este será um evento “zero plástico” e com gestão especializada do lixo, utilização de material biodegradável e uma “forte preocupação” ambiental.

Por isso, o Ocean Race 2023 inclui na sua programação um workshop sobre uma visão geral da cultura oceânica e jogos para engajar crianças de escolas de São Vicente e de Santo Antão, que deverão visitar o local, e uma feira de ciência implementada pela UTA e com suporte de instituições de pesquisa como o Instituto do Mar (Imar) e o Centro Oceanográfico do Mindelo.

Esta será a primeira vez que este evento passa por um país da África Ocidental, numa prova que é realizada desde 1973, embora só em 2019 tenha sido renomeada The Ocean Race.

A largada está prevista para 15 de Janeiro de 2023 em Alicante (Espanha) e chegada dos dez veleiros das classes VO65 e IMOCA 60 a São Vicente dias 21 e 22 de Janeiro de 2023.

O Governo, através do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, declarara há alguns meses a pretensão de explorar o potencial da ilha de São Vicente numa “perspectiva estratégica de economia mundial”, tornando-a numa “alavanca para a transformação e desenvolvimento” de Cabo Verde, e “um impulso” para o melhoramento integrado das ilhas, promovendo o crescimento económico, o aumento do emprego e a redução da pobreza.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project