POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: PAICV insta Governo a assumir responsabilidades no “total falhanço” dos transportes 08 Setembro 2022

O membro do Conselho Nacional do PAICV João do Carmo pediu hoje, no Mindelo, que o Governo assuma as responsabilidades no “total falhanço” dos transportes marítimos e que o primeiro-ministro afine a coordenação da sua equipa.

São Vicente: PAICV insta Governo a assumir responsabilidades no “total falhanço” dos transportes

João do Carmo, que falava em conferência de imprensa hoje, no Mindelo, assegurou que depois do “fracasso” no domínio dos transportes aéreos, que, “deixou enormes prejuízos para os cabo-verdianos”, desta feita o mesmo deverá acontecer nos transportes marítimos.

A mesma fonte reagia às declarações do ministro do Mar, Abraão Vicente, que na terça-feira, 06, frisou haver um contrato de concessão de serviço público e que o Governo não vai aprovar as contas de 2021, antes de sentar com a concessionária, uma vez que as contas apresentadas pela Cabo Verde Interilhas “não batem” com as do executivo.

“Tudo pode ser deduzido pela guerra campal declarada pelo ministro do Mar, que fala grosso e promete pôr os parceiros da concessão no seu respectivo lugar”, ressalvou o representante do PAICV, para quem pelo tom “as coisas não vão bem e fica anunciada mais uma privatização falhada e mais um verdadeiro fiasco”.

Segundo João do Carmo, os cabo-verdianos assistem preocupados o desaguisado entre o operador e o Governo em relação às dívidas para com a empresa e um “verdadeiro desnorte e desencontro” entre o ministro das Finanças e o ministro do Mar.

Isto porque, explicou, o ministro da Finanças disse que o Governo deve e vai honrar os compromissos para com os parceiros e o ministro do Mar, por sua vez, adiantou que o executivo não reconhece a dívida e não aprovar as contas, uma “ameaça descabida e despropositada”.

O porta-voz do PAICV lembrou a Abraão Vicente que as contas da CV Interilhas são da “exclusiva responsabilidade da assembleia-geral da empresa de que o Governo não faz parte, por não ser accionista”.

“Ou o governante não sabe o que diz, é isso é muito grave, ou sabe e faz isso propositadamente para alimentar o mal-estar e enganar as pessoas, o que é igualmente grave”, criticou, adiantando que o Governo elegeu a praça pública para confrontar a empresa “denegrindo a imagem da mesma e pondo em causa a honestidade dos gestores, deixando no ar que estes estão tentando extorquir dinheiro do Estado”.

A mesma fonte acredita estar agora provado que, tal como o PAICV vinha denunciando, não foram salvaguardados os interesses nacionais, pois, “o Governo agiu de modo intransparente e comprometeu-se a pagar uma indeminização compensatória para repor todos os prejuízos operacionais da empresa e que agora está a negar através do ministro do Mar”.

“O PAICV exige que o primeiro-ministro assuma as suas responsabilidades, ponha ordem no seu Governo e nos poupe dos desatinos do seu ministro e nos livre desta cena vergonhosa de bate-bocas na praça pública a propósito de um assunto tão sério, como delicado”, lançou.

João do Carmo insta também Ulisses Correia e Silva a aproveitar a oportunidade para “afinar a coordenação e a articulação” entre os membros da sua equipa e ainda esclarecer as razões do incumprimento do contrato de concessão, informando o País sobre a real dívida do Estado para com a CV Interilhas.

Por outro lado, sublinhou ser preciso informar das medidas a serem tomadas para “repor a normalidade e assegurar que a ligação entre as ilhas seja eficaz e previsível”.

O membro CN do maior partido da oposição também criticou a falta de cumprimento na prometida chegada de cinco barcos novos, e, por outro lado, o empresariado nacional que “foi deixado de lado” até agora, e nisto apontou o exemplo da linha São Vicente/Santo Antão na qual acredita que o operador privado está a ser prejudicado com a não rotatividade dos horários dos barcos. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project