ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: Presidente da câmara pondera renegociar dívidas com taxas de juros mais baixas através da Bolsa de Valores 31 Agosto 2021

O presidente da câmara de São Vicente disse que há possibilidades de a autarquia trabalhar com a Bolsa de Valores e renegociar a dívida, que tem para com a banca, com taxas de juro mais baixas. Operação essa que, segundo Augusto Neves, dará a possibilidade de “fazer mais obras e mais trabalhos”, principalmente numa “situação difícil” que atravessa o país, devido a pandemia.

São Vicente:  Presidente da câmara pondera renegociar dívidas com taxas de juros mais baixas através da Bolsa de Valores

Conforme a Inforpress, Augusto Neves fez estas considerações após reunir-se com o presidente da Bolsa de Valores de Cabo Verde (BVCV), Miguel Monteiro, que cumpre uma série de encontros com as câmaras municipais, empresas e instituições de Santo Antão e de São Vicente para apresentara essas entidades a possibilidade de recorrerem a empréstimos obrigacionistas para promover projectos.

“Há essa hipótese de trabalhar com a Bolsa de Valores e de renegociar a nossa dívida que temos, com taxas mais baixas, e que nos dá melhores possibilidades não só de pagamento como também de fazer mais obras e mais trabalhos”, explicou Augusto Neves, lembrando que o País atravessa uma “situação difícil”, devido à pandemia, pelo que “é sempre bom discutir com os bancos e com a instituição financeira as condições de financiamento”.

Por sua vez, o presidente da Bolsa de Valores de Cabo Verde informou que o recurso a empréstimos obrigacionistas já foi utilizado, há dez anos, pelas câmaras municipais da Praia e do Sal e as operações decorrem “muito bem”, porque continuam a pagar o capital e os juros que têm até ao final da maturidade.

Por isso, segundo Miguel Monteiro, faz todo o sentido apresentar este recurso às câmaras municipais, neste momento de pandemia em que a população passa por dificuldades e as câmaras com as principais entidades de apoio.

Ainda no quadro da visita da delegação da Bolsa de Valores a São Vicente, Miguel Monteiro vai encontrar-se com empresas para apresentar os critérios que devem ter para recorrer ao financiamento.

Também será realizada uma palestra com os bancos para mostrar como estes podem apoiar quem quer investir através da Bolsa de Valores.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project