ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Protestos pela Justiça: Sokols 2017 anuncia manifestação pacífica para este sábado 23 Setembro 2021

É já este sábado,25, que acontece a tão aguardada manifestação geral pela justiça, com destaque para os principais centros urbanos como Mindelo e cidade da Praia, bem como a diáspora - EUA e Espanha. O movimento cívico Sokols-2017, com sede São Vicente, fundamentou, hoje, que um país sem justiça não avança e convida à corrupção e vários outros males sociais. A pensar nisso, a associação liderada por Salvador Mascarenhas diz esperar, com esta manifestação, resgatar a justiça e aproveitar para chamar a atenção das autoridades para outros problemas existentes, nomeadamente a questão do aumento exagerado da eletricidade (37%) com a recente aprovação de novas tarifas pela ARME.

Protestos pela Justiça: Sokols 2017 anuncia manifestação pacífica para este sábado

Em conferência de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira, no Mindelo, o líder do movimento cívico Sokols-2017 enfatizou que, primeiramente a manifestação começou por ser dedicada exclusivamente à causa da reforma da justiça. Mas sublinhou que, além de solidariedade para com o advogado Amadeu Oliveira preso, houve também a necessidade de apontar várias outras questões impactantes, nomeadamente a problemática da saúde, o aumento exagerado do preço da eletricidade e falta de transparência na gestão de coisas públicas. Tudo que, segundo ele , acaba por estar ligada à justiça.

“Um país sem justiça não avança e convida a corrupção e vários outros problemas. Com justiça podemos processar ate o próprio Estado e o Governo com as suas promessas não cumpridas”, advertiu Salvador Mascarenhas, para quem a manifestação de sábado “é completamente independente”. Ou seja, “não é uma manifestação partidária, onde não vamos permitir nenhum tipo de bandeiras e símbolos partidários”.

A mesma fonte assegurou que vai ser uma manifestação “completamente pacífica” onde os cidadãos vão “exercer a sua cidadania ativa e dizer o que pensam sobre este assunto”.

O líder do Sokols disse contar com o apoio da Polícia Nacional, “Temos tido uma colaboração muito profícua com a polícia neste aspeto”. Mascarenhas anunciou também que contará com a presença de enfermeiros no protesto.

Como forma de evitar constrangimentos durante a trajetória da manifestação, o movimento assegurou que não será permitida a circulação de bebidas alcoólicas, pessoas alcoolizadas, algum tipo de droga ou “outra coisa que possa impedir o avanço pacífico da nossa demonstração”.

Rádio Nacional recusa transmitir spot do Sokols

Surge uma polémica que briga com a liberdade da imprensa. Salvador exprimiu o seu desagrado face à postura da Rádio Nacional. Revelou ter ficado “muito chocado” com a recusa da Rádio Nacional em transmitir o spot de anúncio da manifestação de 25 de Setembro. “Fomos enviar um spot para a Rádio Nacional e explicaram-nos que por causa da campanha presidencial o spot tem que ser aprovado na central e recebemos um email de que o spot não foi aprovado para passar na rádio”, explica Salvador Mascarenhas, que considerou este ato “uma tremenda violação da Constituição da República de Cabo Verde no fato das liberdades de expressão”.

Trajeto da manifestação e várias mensagens de protesto

Em termos de trajeto, Mascarenhas avançou que a manifestação começa com a concentração na Praça Dom Luís, na Rua de Praia, a partir das 10 horas deste sábado, no Mindelo, seguindo-se depois um percurso diferente pelas principias artérias da cidade. “Iremos subir em direção à Câmara Municipal, Igreja de Nossa Sra da Luz, para depois pararmos em frente ao Tribunal da Comarca. Iremos ter intervenções em alguns pontos, designadamente na Praça D. Luís e à frente do Tribunal. A seguir, iremos atravessar a Rua de Coco, Delegacia de Saúde, Alto Sentina/Fonte Filipe, sendo que neste último haverá novamente uma intervenção, detalha Salvador que acrescentou que cada paragem vai contar com entre 3 e 5 minutos de discursos e as pessoas são livres para falarem sobre a justiça. Na paragem seguinte, que será frente à cadeia central da Ribeirinha, se irá discursar sobre a detenção de Amadeu Oliveira. De regresso ao centro histórico da cidade do Mindelo, as novas paragens serão em frente ao Palácio do Povo, na Avenida Baltazar Lopes da Silva, no Tribunal da Relação de Barlavento, Avenida 05 de Julho, e na Praça Dom Luís, na rua de Praia.

“Por ser um percurso longo, iremos fornecer água e o apoio de enfermeiros e de uma ambulância. As pessoas com dificuldades podem também optar por acompanhar a manifestação de carro”, explicou o conferencista, informando que o trajeto da manifestação terá animação de carros com transmissão de mensagens e batucada, devendo ser soltos bombos à frente da Cadeia de Ribeirinha.

Salvador Mascarenhas lembrou, por outro lado, que a prisão preventiva de Amadeu é “perfeitamente injusta e a isso também pugnamos que deve ser libertado até ser julgado e isso é a nossa luta”, que o povo adere em massa.

Manifestação na Praia e diáspora

Segundo a organização, o movimento Sokols 2017 conta com o apoio da diáspora na realização dos protestos deste fim de semana. “A diáspora nos tem dado um grande apoio em todos os aspetos, tanto financeiro como moral”. Mascarenhas anunciou que em Espanha e Estados Unidos os emigrantes vão se também manifestar pela justiça.

As manifestações no país, acrescentou, vão acontecer além de São Vicente: em Porto Novo e na Cidade da Praia (às 16h de sábado).

“Tentamos que fosse em quase todas as ilhas, mas infelizmente não será possível. Mas apelamos a todos os cidadãos das outras ilhas que apanhem cartazes e ficam em frente ao tribunal”, apelou.

Conforme o Sokols 2017, as manifestações deste sábado, 25 de Setembro, serão transmitidas online, através da página dedicada a estes protestos de rua em Cabo Verde e na diáspora.

Arménia Chantre/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project