DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Seleção de França mais de África — Identidade “Mi gó” no tempo de nomes bem franceses: Mbappé, Umtiti e mais treze 13 Julho 2018

Os descendentes dos gauleses Astérix e Obelix estão em franca minoria entre os ’Bleus’. A identidade francesa continua, mas com uma composição diferente, de várias proveniências, como mostra a seleção. Africanos de origem fazem maioria, mas também há descendentes de filipinos, argelino, e há mais. O Mundial 2018 tem a mesma França multicolor que ganhou o Mundial de 1998 — bom prognóstico para domingo, 15?

Seleção de França mais de África — Identidade “Mi gó”  no tempo de nomes bem franceses: Mbappé, Umtiti  e mais treze

Africanos (subsaarianos) de origem fazem maioria dos ’Azuis’ (Bleus): Pogbá, Mbappé, Mandanda, Sidibé, Umtiti, Nzonzi, Kimpembe, Mendy, Kanté, Dembélé, Matuidi, Tolisso.

Doze de imediato identificáveis pelos nomes. Mais traços identitários (desde logo, nas fotografias) confirmam estes e outros quatro jogadores da seleção.

Dezasseis no total. Africanos e afrodescendentes.

Mas esta seleção ‘united colours’ inclui também os DOM-TOM, como a Martinica, Guadeloupe, Réunion, ou o Alphonse Areola, nascido em França, de pais filipinos. E ainda descendentes de imigrantes europeus mais a Sul.

Vamos apresentá-los pela ordem que se segue: guarda-redes, defesa, meio-campo, atacantes.


Guarda-redes
: Hugo Lloris, nascido em França, de pai de origem catalã. O zairense Steve Mandanda, o mais velho de 4 irmãos (todos guarda-redes!). O ’supra’ mencionado Alphonse Areola.

Defesas: Djibril Sidibé, nascido em França, descendente de malianos. O corso Adil Rami (Bastia, Córsega, França). Samuel Umtiti, natural de Yaoundé, Camarões. O congolês Presnel Kimpembe, "o general", como lhe chama Pogbá. O Benjamin Mendy, nascido em França, descendente de senegaleses. Raphaël Varane, nasceu em França, de pai da Martinica e mãe francesa. Lucas Hernandez natural de França, filho do futebolista de Jean-François Hernandez descendente de espanhóis.

Meio-campo: Corentin Tolisso, nascido em França, de pais togoleses. Paul Pogbá, nascido em França, de pais conacri-guineenses. Blaise Matuidi, nascido em França, de pais angolanos (refugiados no Congo, antes de rumarem a França) mas não fala português. N’Golo Kanté, nascido em França, de pais malianos. Steven Nzonzi, nasceu em França, o pai é congolês e a mãe francesa, … faz questão de dar a saber, com exatidão ortográfica, que o seu nome completo é Steven N’Kemboanza Mike Nzonzi.

Atacantes: Kylian Mbappé, nasceu em França, de pai camaronês e mãe argelina. Nabil Fekir, nascido em França, de pais argelinos. Ousmane Dembélé, nascido em França, de pai maliano e mãe senegalo-mauritana. Thomas Lemar, nascido em Guadeloupe. Dimitri Payet, nasceu na ilha da Reunião de pais nativos.

Fontes: France Football/Le Figaro/Libération

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project