DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sporting da Brava em pé-de-guerra com a Associação Regional de futebol 21 Dezembro 2017

Está instalada a polémica entre o Sporting e a Associação Regional de Futebol da Brava (ARFB). Em causa está a demora na marcação da data do arranque do campeonato regional e a falta de comunicação entre Associação e o clube, que acusa ainda a associação de perseguição e de atitudes bairristas para com ele. Mas Samuel Varela, presidente da associação, avisa que a ARFB não funciona em função de interesse individual de cada clube. “Desde o início da época, ficou aprovado um plano de actividade com provas e datas definidas. Esta gente estava habituada em fazer coisas, ignorando as leis e procedimentos”, vai esclarecendo.

Sporting da Brava em pé-de-guerra com a Associação Regional de futebol

A realização do sorteio e a marcação da data do inicio do campeonato regional para o próximo fim-de-semana provocam controvérsia na Brava. Deixam agastados os dirigentes do clube do Sporting da Brava, que contestam a gestão da actual equipa da ARFB. José Rocha, um dos sócios e dirigente do Sporting da Brava, mostra-se descontente com a situação, denunciado “falta de informação e de consideração”, por parte do presidente da ARFB.

Mas este não é o único ponto de discórdia entre o Sporting e a ARFB. Os leões da Brava acusam a actual gestão da associação de descriminação. É que, segundo a mesma fonte, solicitaram já inscrição de novos jogadores, “mas não as aceitam e não explicam as razões. Isto é um absurdo. Estamos cientes desta atitude barrista do Samuel Varela, mas continuaremos a trabalhar para renovar o título”. O Sporting, segundo ele, exige ainda os troféus de campeão regional nas épocas 2015/16 e 2016/17.

Contactado, o presidente da ARFB assegura que o futebol vai de vento em popa na ilha Brava. Em declarações ao ASemanaonline, Samuel varela nega as acusações feitas por José Rocha, esclarecendo que “a associação não funciona em função de interesse individual de cada clube. Em momento algum pronunciamos que havia pausa após o termino do Torneio de abertura”.

Varela informa que o calendário das provas foi aprovado desde inicio da época e que faltava apenas fazer o sorteio do campeonato: tanto é que, partiu de uma proposta da associação em fazer pausa de uma semana, após o Torneio de abertura para dar aos atletas oportunidades de passarem o Natal em famílias, mas a proposta foi veementemente rejeitada pela a maioria dos clubes.

“A equipa do Sporting demonstra fragilidades na gestão dos seus atletas. Plantel do Sporting é constituído por 12 atletas oriundo de Santiago e Fogo, resolveram passar natal nas suas ilhas - o problema não é nosso”, disse.

O responsável confirma que a associação que dirige está em divida com a equipa do Sporting. “Estamos a trabalhar no sentido de rapidamente fazer entregas dos dois troféus”, garante

Samuel Varela esclarece, por outro lado, que o Sporting pediu recentemente a inscrição de um atleta, mas que já teria explicado aos dirigentes da equipa de que havia necessidade de averiguar junto de outras associações através Federação Cabo-verdiana de Futebol, se o atleta não possui vínculo com nenhum outro clube. “Se calhar muita gente ficou mal-acostumado, pois, esta associação não faz fretes”, avisa. O presidente da ARFB deixou garantias de que o jogador está em condições de representar o campeão regional da Brava.

Arranque do campeonato regional da Brava

Polémica à parte, arranca, este fim-de-semana, o campeonato regional na ilha das Flores. O presidente da Associação de Futebol da Brava garantiu ao ASemanaonline que todas as equipas já estão devidamente inscritas.

Nô Pintcha e Sporting dão pontapé de saída no sábado, às 16 horas, no estádio Aquiles de Oliveira. No domingo, será a vez da Juventude jogar com Morabeza e Académica enfrentará o Benfica. Já a Coroa fica de fora nestaprimeira jornada.

Nicolau Centeio

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project